A Influência africana como se manifesta

Foto por Tope A. Asokere em Pexels.com

A cultura africana é uma pluralidade de manifestações folclóricas e culturais envolvendo toda a África. O velho continente é uma mescla de crenças, ritmos, temperos e cores que o fazem peculiar.

Espalhada pelo mundo através do tráfico de escravos, acabou influenciando a cultura de muitas nações. Ela se mesclou, por exemplo, na dança, culinária e religião.

Grandes festas brasileiras, como o Carnaval e o Maracatu, têm suas bases em ritos africanos. Sua religião se misturou às crenças católicas e daí surgiram o Candomblé e a Umbanda.

Contexto Histórico

As evidências arqueológicas mostram ser a África o primeiro território que o ser humano habitou na Terra. Tantos milhares de anos de história, por óbvio, resultaram numa mistura formidável de povos. Surgiu daí uma combinação de muitos idiomas, religiões, organizações sociais, políticas e econômicas.

A culinária africana

A culinária também pode ser inserida dentro da cultura africana, principalmente no que se refere a temperos. De lá vieram, por exemplo, o hábito de temperar comida com pimenta, azeite de dendê e leite de coco.

Cultura africana - o que é, como se manifesta e qual sua influência?

O feijão-preto, tão apreciado nas senzalas, foi servido nos banquetes da casa grande em saborosas feijoadas. As baianas atualmente são famosas mundialmente por servirem acarajé, vatapá e caruru.

Os Estados Unidos também sofreram forte influência gastronômica africana, posto que ali se criou a expressão sool foods. Os alimentos da alma, na tradução, são comidas influenciadas pela culinária africana.

Fonte: https://conhecimentocientifico.r7.com/

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: