Confira cinco receitas da Coreia do Sul

Se tem um país que está dominando as tendências nesse momento, esse país é a Coreia do Sul. Desde o K-pop, passando pelos produtos de beleza, moda e bem-estar, a gastronomia coreana também está chegando com tudo no Brasil e no mundo, com receitas que estão conquistando cada vez mais espaço nos cardápios de restaurantes e nas prateleiras de supermercados ao redor do mundo.

Baseada no uso de vegetais e da característica picante em muitos de seus mais tradicionais pratos, a culinária coreana se destaca por sua riquíssima tradição cultural e valorização de alimentos naturais. Então, selecionamos hoje 5 receitas de pratos oriundos da Coreia do Sul!

Receitas da Coreia do Sul

Kimchi

coreia do sul
Kimchi. | Foto: Reprodução.

O kimchi é, com certeza, o alimento mais conhecido e difundido da gastronomia coreana. Um grande fenômeno nos últimos anos, consiste em uma mistura de acelga (ou repolho) com uma série de aromáticos e especiarias, que é deixada para fermentar por algumas semanas. Já pode ser encontrado pronto em empórios de artigos asiáticos ou até mesmo em grandes supermercados, mas também é possível preparar esse prato em casa.

Na Coreia, ele é acompanhamento essencial em quase todas as refeições, além de ser base para muitos outros pratos, como o arroz de kimchi e o kimchi jjigae, por exemplo.

Ingredientes:

  • 1 acelga média
  • 1 nabo pequeno
  • 2 colheres (sopa) de sal grosso
  • ½ xícara + 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 10 dentes de alho picados
  • 1 pedaço de gengibre do tamanho do polegar picado
  • 1 colheres (chá). de chili em pó (ou ajuste a gosto)
  • ¼ de xícara de shoyu
  • ¼ de xícara de nam pla (molho de peixe)
  • 1 punhado de cebolinha picada

Modo de preparo:

  1. Corte as folhas de acelga em pedaços bons de comer em uma mordida. Fatie finamente o nabo ou corte em cubos pequenos. Junte a acelga e o nabo em uma tigela grande. Salpique o sal grosso e duas colheres de sopa de açúcar e misture bem usando as mãos, massageando um pouco as folhas e o nabo. Reserve por algumas horas fora da geladeira ou de um dia para o outro na geladeira.
  2. Descarte o excesso de líquido acumulado na tigela e esprema as folhas e o nabo para retirar ainda mais o excesso.
  3. Em uma tigela, misture o restante do açúcar, o alho, gengibre, chili, shoyu, nam pla e cebolinha até dissolver o açúcar.
  4. Junte tudo e misture bem. Guarde em um pote bem fechado na geladeira por pelo menos 1 semana. Estará no auge com 2-3 semanas. Pode ser consumido por algumas semanas depois disso, desde que armazenado adequadamente. O sabor continuará se acentuando.

Bulgogi

Bulgogi
Bulgogi. | Foto: Reprodução.

Em tradução literal do coreano, “bul” significa fogo, e “gogi” significa carne, o que resume em linhas gerais a base dessa receita. Além desses dois elementos, a carne bovina é marinada por algumas horas antes do preparo, o que traz um diferencial significativo de sabor e é o que faz dessa receita um clássico coreano.

Ingredientes:

  • 600g de contrafilé finamente fatiado (no mercado, procure pelas carnes para sukiyaki) e descongelado
  • 6 colheres (sopa) de shoyu
  • 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 2 colheres (sopa) de saquê mirim para uso culinário
  • ½ pera asiática picada, ou em torno de 150g (pode ser substituída por outro tipo de pera ou mesmo por maçã)
  • ½ cebola picada
  • 1 colher (sopa) de alho picado
  • 1 colher (sopa) de gengibre picado
  • ⅛ de colher (chá) de pimenta-do-reino moída
  • 1 colher (sopa) de óleo de gergelim
  • Óleo vegetal o quanto baste
  • 1 colher (sopa) de gergelim tostado
  • 2 cebolinhas fatiadas (apenas a parte verde)

Modo de preparo:

  1. Comece fazendo a marinada. Em um liquidificador, misture o shoyu, o açúcar, o saquê mirim, a pera picada, a meia cebola, o alho, o gengibre e a pimenta-do-reino. Bata até obter uma mistura homogênea.
  2. Em uma tigela, misture a carne e a marinada. Na sequência, adicione o óleo de gergelim, tomando cuidado para não desfazer as finas fatias. Cubra a tigela e deixe marinar na geladeira por pelo menos 45 minutos, mas idealmente por 4 horas. Atenção: a carne fatiada para sukiyaki costuma ser vendida congelada. Caso você se esqueça de descongelar a carne antes, tudo bem. Regue-a ainda congelada com a marinada e isso fará com que ela descongele rapidamente.
  3. Tire a marinada da geladeira 15 minutos antes de levar o preparo ao fogo. Aqueça uma frigideira (preferivelmente de ferro) ou uma chapa em fogo médio/alto. Adicione 1 colher (sopa) de óleo vegetal e então grelhe as fatias de carnes por 3 ou 5 minutos. É importante tomar cuidado para não encher demais a frigideira, pois caso coloque muita carne de uma vez só, você irá cozinhá-la em vez de grelhá-la. Lembre-se de colocar óleo antes de cada nova leva.
  4. Adicione o gergelim tostado, mexa bem e desligue o fogo. Sirva a carne com a cebolinha picada por cima acompanhada de arroz.

Tteokbokki

coreia do sul gastronomia
Tteokbokki. | Foto: Reprodução.

O Tteokbokki é um dos pratos mais populares entre os coreanos, sendo frequentemente encontrado para comprar nas ruas das cidades coreanas, sendo uma das principais “street foods” da Coreia do Sul. Esse prato, que consiste de uma massa de arroz com bolinho de peixe, servido com um molho apimentado, é o favorito de muitas celebridades coreanas.

Ingredientes para o Tteokbokki:

  • 350g de bolos de arroz coreano (tteok)
  • 150g de bolos de peixe coreano (eomuk), enxaguados em água quente e cortados em pedaços pequenos
  • 2 xícaras de caldo de dashi
  • 60g de cebola, em fatias
  • 3 colheres (sopa) de gochujang (pimenta coreana)
  • 1 + ½ colher (sopa) de molho de açúcar mascavo
  • 1 colher (sopa) de molho de soja
  • 1 colher (chá) de alho picado
  • 1 colher (chá) de gochugaru (flocos de pimenta coreana)
  • 1 colher (chá) de gergelim torrado
  • 1 colher (chá) de óleo de gergelim
  • 1 haste de cebolinha verde picada

Modo de preparo:

  1. Mergulhe o tteok em água morna por 10 minutos. Retire a água e reserve. (Observação: Isso somente se o seus bolos de arroz não estiverem macios ainda).
  2. Ferva o caldo de dashi em uma panela rasa em fogo médio. Dissolva o molho mexendo com uma espátula. Reserve.
  3. Em uma frigideira, coloque o tteok, o eomuk, a pasta de pimenta (gochujang), pimenta em flocos (gochugaru), alho, açúcar mascavo, molho de soja e o caldo de dashi.
  4. Dissolva bem todos os ingredientes e aguarde a ebulição. Quando ferver, abaixe para fogo médio e cozinhe por mais 5 minutos.
  5. Adicione o gergelim torrado, o óleo de gergelim e a cebolinha picada (se preferir, também pode salpicar no prato apenas). Misture.
  6. Sirva-se.

Bibimbap – um dos pratos da Coreia do Sul mais famosos

coreia do sul
Bibimbap. | Foto: Reprodução.

Um dos pratos mais consumidos no dia a dia dos coreanos, o bibimbap consiste em uma refeição de arroz, vegetais, carne e ovo. O segredo está em adaptar a proporção dos ingredientes para o seu gosto, o que faz com que existam muitas versões diferentes desse prato. Essa receita, por exemplo, foi adaptada para ingredientes mais fáceis de encontrar aqui no Brasil.

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara de arroz oriental
  • 1 maço de espinafre
  • 1 cebola
  • 2 cenouras
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 abobrinha
  • 300g de filé mignon em tirinhas
  • 4 ovos

Ingredientes para o tempero do espinafre:

  • 1 colher (sopa) de óleo de gergelim
  • 1 colher (chá) de shoyu
  • 1 colher (chá) de vinagre
  • 1/2 dente de alho amassado
  • Gergelim tostado a gosto
  • Sal a gosto

Ingredientes para marinar a carne:

  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 colher (chá) de alho amassado
  • 1 colher (sopa) de shoyu
  • 1 colher (sopa) de óleo de gergelim torrado
  • 1 colher (sopa) de gergelim torrado

Modo de preparo:

  1. Em uma panela, coloque o arroz, o dobro de água e cozinhe;
  2. Higienize os espinafres, coloque para cozinhar em água fervente, tampe a panela e deixe por 2 minutos;
  3. Depois desse tempo, passe os espinafres para água fria, retire todo o excesso de água, espremendo bem e corte em pequenos pedaços;
  4. Coloque os pedaços de espinafre em uma tigela, junte os ingredientes da lista de temperos, misture bem e reserve;
  5. Corte em tiras o pimentão, a abobrinha, a cenoura, a cebola e reserve;
  6. Corte a carne em tiras, coloque em uma vasilha, adicione os ingredientes para marinar, misture e reserve;
  7. Em uma frigideira, coloque um fio de azeite e refogue o pimentão, a cenoura, a abobrinha, a cebola e a carne, separadamente;
  8. Depois, na frigideira, coloque os ovos para fritar, deixando a gema mole;
  9. Para montar, pegue uma tigela funda e comece colocando o arroz, espinafre, carne, cebola, cenoura, abobrinha, pimentão e, por fim, o ovo por cima.

Bossam

bossam
Bossam. | Foto: Reprodução.

O bossam é uma receita bastante ousada por si só – a carne de barriga de porco é coberta por um molho agridoce e servida enrolada em uma folha de alface, em formato de wrap. Além disso, esse prato pode se transformar até mesmo em uma atividade em família, já que cada um pode montar seus wraps conforme o seu gosto, ou todos podem se reunir para montar os rolinhos em conjunto! Além disso, o bossam pode ser ótimo para uma refeição para levar para o trabalho, por exemplo.

Ingredientes para a barriga de porco:

  • 85g de raiz de gengibre inteira
  • 3 colheres (sopa) de doenjang (pasta de soja coreana)
  • 1 cebola (cortada em quartos)
  • 4 cebolinhas, apenas com a parte branca picada
  • 6 dentes de alho amassados
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 1 colher (chá) de gochujang (pasta de chili coreana)
  • 1,1 kg de barriga de porco com pele

Ingredientes para a conserva de rabanete:

  • ​225g de rabanete branco coreano, descascado e cortado em cubinhos
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã ou vinagre de arroz
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 2 colheres (chá) de pimentas sichuan
  • 1 dente de alho picado
  • 2 colheres (chá) de sal

Ingredientes para o molho:

  • 2 colheres (sopa) de doenjang
  • 1 colher (sopa) de gochujang
  • 1 colher (sopa) de sake mirin
  • 1 colher (chá) de óleo de gergelim
  • 1 dente alho picado
  • 2 colheres (chá) de sementes de gergelim

Ingredientes para servir:

  • Arroz doce cozido no vapor
  • Uma folha de alface
  • Folhas de perilla

Modo de preparo:

  1. Rale um terço da raiz de gengibre, e corte as outras duas partes em pedaços grandes.
  2. Adicione o gengibre, o doenjang, a cebola, as cebolinhas, os dentes de alho, o mel, o gochujang e a barriga de porco em uma panela grande com tampa. Adicione água até cobrir a barriga de porco. Mexendo ocasionalmente para misturar, leve à fervura em fogo alto. Abaixe o fogo, cubra a panela e deixe cozinhar por aproximadamente duas horas.
  3. Para preparar o picles, misture o rabanete, o vinagre, o açúcar, as pimentas, o alho e o sal em uma tigela e coloque na geladeira até a hora de servir.
  4. Quando a barriga de porco estiver pronta, transfira a carne para uma forma forrada com papel alumínio. Descarte o líquido do cozimento e os aromáticos. Préaqueça o forno a 180°C.
  5. Coloque a barriga de porco no forno por aproximadamente 30 minutos.
  6. Enquanto o porco está no forno, cozinhe o arroz no vapor.
  7. Misture todos os ingredientes do molho em uma tigela pequena.
  8. Lave e seque a alface e as folhas de perilla. Arrume em pratos.
  9. Quando a barriga de porco estiver caramelizada, corte como desejar e sirva imediatamente com todos os acompanhamentos.

________________________
Por Malu Jansen – Fala! Cásper

Fonte: https://falauniversidades.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: