9 evidências de quem tem o Espírito Santo em sua vida

O que é o Espírito Santo de Deus?

O Espírito Santo é a Terceira Pessoa da Trindade, o que quer dizer que Ele é Deus. Ele habita no cristão e é responsável por levá-lo a crer em Deus e ao arrependimento dos pecados.

Muitas pessoas tratam o Espírito de Deus como se fosse uma energia, algo que o cristão controla e dá poderes a ele. Mas o Espírito é uma Pessoa.

Sim, o Espírito Santo é uma pessoa, não apenas uma força ou um poder. Jesus disse que Ele é uma pessoa quando O chamou de nosso Conselheiro, algo que só uma pessoa pode ser (João 14:16-17). A Bíblia fala que Ele tem todas as características de uma pessoa:

  • Ele fala – a Bíblia conta que o próprio Espírito Santo falou com os discípulos como uma pessoa, não como uma força usada por alguém (Atos dos Apóstolos 13:2);
  • Ele pensa – o Espírito Santo sonda e compreende as coisas de Deus, tem capacidade intelectual (1 Coríntios 2:10-11);
  • Ele sente – se nós podemos entristecer o Espírito Santo, isso significa que Ele tem capacidade para sentir emoções (Efésios 4:30);
  • Ele tem vontade – o Espírito Santo toma decisões, dando a conhecer a Sua vontade (Atos dos Apóstolos 16:7);
  • Ele transforma e habita no crente – quando uma pessoa aceita Jesus como seu salvador, recebe o Espírito Santo, que atua na sua vida para a salvação. Por isso, o Espírito Santo é chamado Espírito de Vida (Romanos 8:2).

O Espírito é o próprio Deus que habita nos cristãos e nos capacita vivermos a vida que Cristo tem para nós.

Vejamos aqui algumas evidências de quem tem o Espírito Santo:

1) O cristão que tem o Espírito Santo obedece a Palavra de Deus com prazer

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; (João 14: 21a)

O cristão que verdadeiramente ama a Deus tem prazer e alegria em obedecer sua Palavra, a Bíblia Sagrada.

As vezes as pessoas pensam que obedecemos a Palavra de Deus porque somos forçados a isso, porque a igreja nos obriga ou porque o pastor nos punirá se não seguirmos a Bíblia.

Se fosse assim seria difícil ser cristão, não é mesmo?! Ficar seguindo ou obedecendo algo que eu não gosto. Por que eu estaria na igreja então?

Mas na verdade os verdadeiros cristãos não precisam ser cobrados a obedecer as Escrituras Sagradas, pois por amor ao Senhor Jesus estes leem, estudam de boa vontade e com alegria obedecem.

A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama. (Salmo 119: 140 BKJ)

2) O cristão que tem o Espírito Santo não esconde sua identidade

Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade estabelecida sobre um monte; (Mateus 5:14)

Existem pessoas que estão na igreja, mas seus conhecidos mal sabem que é cristão.

Mas as pessoas conseguem notar um cristão verdadeiro naturalmente! Mesmo que as vezes não diga, mas as pessoas notam.

Veja como um dos discípulos do Senhor omitiu sua identidade, mas as pessoas perceberam-no:

Um pouco depois, aproximaram-se os que estavam ali de pé, e disseram a Cefas: certamente tu também és um deles, pois mesmo tua maneira de falar te delata (Mateus 26:73 BP)

Mas como se dá esse reconhecimento?

Com a naturalidade da convivência com Cristo, aprendendo dele e vivendo como Ele, fazendo as coisas que agradam a Deus e seguindo a santidade.

3) O cristão que tem o Espírito Santo se preocupa com a salvação das almas perdidas

Se hoje você diz “sou um crente de verdade” e não cuida e se preocupa com a  sua família, saiba que até o momento tem sido pior do que um incrédulo! (1 Tm 5:8).

Nosso país, nossas crianças, adolescentes, vão mal hoje em dia porque as famílias, em boa parte delas, não se converteram a Cristo.

É necessário dar bom testemunho, orar, jejuar, derramar lágrimas aos pés do Senhor, pela salvação de nossa família e entes queridos, esta atitude é um sinal de que o Espírito Santo habita em nossos corações e nos impele a lutar pela salvação dos nossos queridos.

Ele capacita – através da ação do Espírito Santo, podemos vencer o pecado e viver de maneira digna. As novas atitudes do cristão são conhecidas como “frutos do Espírito”, porque são o resultado de Seu trabalho (Gálatas 5:22-24). É também o Espírito que nos dá capacidade para testemunhar de Cristo, ensinar e fazer boas obras. Até no Antigo Testamento, quem dava o ministério era o Espírito Santo de Deus.

Ele convence o pecador – quando alguém é convencido do seu pecado e da justiça de Deus, isso é por ação do Espírito Santo, também conhecido como Espírito da Verdade (João 16:7-8).

Ele nos constrange – A amar os pecadores e nos impulsiona a investir na Obra Missionária, para alcançarmos as almas perdidas para Cristo. (2 Co 14-15)

4) O cristão que tem o Espírito Santo não se envergonha do evangelho de Cristo

Muitas pessoas neste mundo não compreendem o verdadeiro objetivo da mensagem do evangelho, não veem que o sacrifício de Cristo na cruz do calvário foi em seu favor, pois ainda não reconheceram seus pecados contra Deus (Rm 3:23-25; 10:9-10; 1 Jo 1:9).

Muitos cristãos sentem vergonha até mesmo de andar pelas ruas com sua Bíblia em mãos, muitas pessoas estão desesperadas para terem uma Bíblia sequer, andarem em liberdade pelas ruas sem precisar esconder sua fé, mas não podem.

Encontram pessoas em todos os lugares e não tem coragem e ousadia para falar-lhes do Amor de Deus (Jo 3.16), sentem-se acovardados e envergonhado de anunciar às almas perdidas que Jesus é o único Caminho para o Céu, inclusive nem as convidam para participar dos Cultos em suas igrejas.

O cristão que tem o Espírito Santo, será sempre constrangido e impelido pelo mesmo Espírito a abrir a boca e falar de sua experiência e encontro genuíno com Jesus e como foi salvo e perdoado de seus pecados e como agora sente paz e alegria em sua alma.

5) O cristão que tem o Espírito Santo sempre desejará como verdadeiro objetivo apenas a glória de Deus

Um fato inusitado aconteceu com Paulo e Barnabé na cidade de Listra em Atos 14: 8-20.

Por terem curado um paralítico de sua doença, os homens daquela cidade consideravam-nos deuses.

Além disso, quiseram oferecer sacrifícios aos dois apóstolos, mas ambos despertaram o entendimento daqueles homens para que se voltassem ao Único e Verdadeiro Deus (versos 14-17).

Algo semelhante aconteceu com Cefas e João, quando alguns pensaram que eles dominavam o poder para realizarem milagres, mas eles advertiram a todos que se voltassem para Deus (Atos 3: 9-16).

Conforme exemplos dados pelos apóstolos, uma atitude de cristão verdadeiro é saber e reconhecer que toda glória é devida a Deus, todo poder vem dEle, e assim agir (Leia Pv 3:5-6).

6) O cristão que tem o Espírito Santo deve viver em santidade

Muito contrário à cultura de nossa sociedade, santo não é aquela pessoa perfeita (o que ninguém consegue ser).

Nem tão pouco aquele que teve uma estátua feita em sua homenagem após sua morte, mas sim aquele que é divorciado do padrão de vida pecaminoso deste mundo! (Ef 4:17-24)

As principais características de quem é santo são a obediência e a fidelidade a Deus.

O apóstolo Paulo, por exemplo, chamava de santos a todos os irmãos em Cristo (1 Co 1:2), mesmo não sendo eles perfeitos (1 Co 3:1-3).

Se alguém não deseja viver em santidade, não vejo que tenha qualquer direito de pensar que é cristão!

Sem santidade ninguém verá a Deus! (Hb 12:14)

Precisamos mudar nossos padrões de vida, precisamos ser santos! Separados do pecado e separados para servir e viver para Deus.

Se vivermos sempre pecando sem discernir o santo do profano, o puro do impuro, isto é uma forte evidência de que o Espírito Santo não está em nossas vidas.

7) O cristão que tem o Espírito Santo é justo e paga suas dívidas, mesmo as mais antigas e esquecidas

Veja no versículo abaixo a atitude de um crente que estava consertando-se de seus erros e dívidas com as pessoas.

Então Zaqueu, posto de pé, disse a Jesus: eis aqui, Senhor meu, a metade de meus bens repartirei entre os pobres, e a todo que defraudei em algo, eu restituirei quadruplicado. (Lucas 19:8 BP)

O cristão verdadeiro não só arrepende-se das dívidas que fez ou se prejudicou alguém, como também busca restituir os prejuízos causados, sejam a comércios ou a outras pessoas em particular.

As vezes dá trabalho consertar tudo, mas é necessário, para se ter uma consciência tranquila diante de Deus e das pessoas! (1 Tm 1:19).

O Espírito Santo nos dá graça e capacidade para restituir não só àqueles que estamos devendo, mas também de pedirmos perdão as pessoas que antes de nossa conversão,  fizemos algum mal ou foram ofendidas por nossas atitudes no passado.

8) O cristão que tem o Espírito Santo não se satisfaz com os costumes, erros e maneiras de pensar e viver deste mundo

Avaliar a nós mesmos em busca de auto correção é sempre um desafio, não é mesmo?! Mas este tópico aqui vai tratar exatamente disso!

Romanos 12:2 nos diz que não devemos nos conformar com os padrões pecaminosos deste mundo.

Mas muitos cristãos desapercebidos ou com falta de conhecimento infelizmente não o praticam.

E não vos conformareis a este mundo, mas transformai-vos por meio da renovação da vossa mente, e discirnais qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2 BP)

Muitos estão se deixando contaminar pelos padrões pecaminosos deste mundo, pois não estão dando o devido valor ao estudo e à prática da Palavra de Deus!

Pare um pouco para pensar com quais padrões deste mundo você tem se habituado.

Você tem praticado as mesmas coisas pecaminosas que outras pessoas consideram ser comuns? (Tg 4:4)

Existem costumes pecaminosos que são tão comuns que muitos cristãos chegam a duvidar de que a Bíblia os condena.

Faça um desafio a si mesmo e comece a desejar e a buscar a mudança. Faça essa oração (com sinceridade diante de Deus):

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há algum caminho perverso em mim, e guia-me pelo caminho eterno. (Salmo 119:23-24 KJF)

É o Espírito Santo que nos concederá e nos dará poder para renunciar e lutar contra as obras da carne e de costumes pecaminosos.

9) O cristão que tem o Espírito Santo gosta de estudar a Bíblia, de ir à Escola Dominical e não falta aos Cultos

A escola bíblica dominical  é um dos trabalhos da igreja cristã atual em que mais aprendemos a Palavra de Deus, pois nela estudamos com detalhes um determinado assunto da Bíblia, etc.

O cristão de verdade gosta de participar dos Cultos de Adoração e estudos bíblicos porque ele quer ouvir, ler e aprender da Bíblia Sagrada e crescer na graça e no conhecimento de Deus.

Aliás, se você ainda se pergunta como ser um cristão verdadeiro, esta resposta você pode encontrar naturalmente frequentando todas as atividades de Cultos, ou outro programa de estudos bíblicos de sua congregação.

O próprio salmista Davi daria um bom exemplo de como ser um cristão de verdade, e frequentaria o Templo sem faltas. comprove isso no Salmo 27: 4 e outro exemplo em 119: 16.

Conclusão:

Façamos com sinceridade um auto exame, para não sermos enganados pelo nosso próprio coração que é enganoso e traiçoeiro,  “porque Nele vivemos. e nos movemos e existimos…” At 17.28a

Soli Deo Goria

Pastor Antonio Romero Filho

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: