ROMERO – "O Peregrino"

"Somos peregrinos neste mundo"

Poder de compra: Europa x Brasil

Morar na Europa é o sonho de consumo de muitos brasileiros. Além disso, já é a realidade de mais de um milhão de imigrantes. Mas a ideia de que viver aqui é coisa de rico está para lá de ultrapassada. Medir o poder de compra na Europa comparado ao do Brasil é essencial para entender quanto vale o seu dinheiro, seja em reais ou euros.

Para isso, fomos atrás de conhecer a realidade de morar nesses países: os custos de vida, salários médios e a inflação. Será que vale a pena sair do Brasil?

Acompanhe e descubra onde é mais caro viver em 2022.

Seguro de Viagem na Europa é obrigatórioSeja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo, garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

Cotar Agora →

Índice do artigo

1. Como se mede a diferença de poder de compra entre o Brasil e a Europa?

Quando pensamos em morar na Europa e gastar em Euros, logo começamos a calcular como conseguiríamos ganhar um salário maior. Mais dinheiro significa mais riqueza, certo? Não necessariamente.

Afinal, quem vive na zona do Euro recebe salário em Euros mas também vai gastar em Euros. O que te mostra se um lugar te deixa viver com mais conforto não é o salário ou a moeda local, e sim o Poder de Compra.

O que é poder de compra?

“O Poder de compra é a capacidade de adquirir bens e serviços com determinada unidade monetária.”, definição do Wikipedia.

Em outras palavras, o poder de compra é o quanto você consegue comprar de bens materiais com aquela moeda. Mostrando, assim, o verdadeiro valor da moeda.

Precisa enviar dinheiro para outro país?Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Também conhecido como Poder Aquisitivo, esse conceito econômico analisa não só os salários no país, mas também o custo de vida e os preços dos produtos.

Por sua vez, a Paridade de Poder de Compra (PPC) é o método usado para comparar o poder de compra entre países com realidades e moedas diferentes.

Mas ao invés de nos aprofundarmos em termos e cálculos complicados, vamos aos exemplos práticos que alteram o Poder de Compra.

2. Salário médio na Europa vs no Brasil

Para começarmos a comparar o poder de compra na Europa e no Brasil, devemos considerar os rendimentos médios.

Confira na tabela abaixo os salários médios no Brasil e nos países europeus com mais brasileiros em 2020:

País Salário médio mensal (em reais) Salário médio mensal (em euros)
Brasil R$ 1.380 246,34€*
Portugal R$ 7.361,07* 1.314€
Reino Unido R$ 19.758,59* 3.527,04*
Itália R$ 14.111,52* 2.519€
Espanha R$ 12.576,56* 2.245€
Alemanha R$ 22.268,08* 3.975€
França R$ 15.635,27* 2.791€

* Valores aproximados convertidos de acordo com a taxa de câmbio de Março de 2022, quando 1€ equivalia a R$5,60 e £1 equivalia a 1,19€.

Vale ressaltar que aqui mostramos o salário médio, e não o mínimo. O salário médio é diferente do salário mínimo na Europa, e dá uma visão mais geral da sociedade como um todo.

Além disso, 7% dos trabalhadores na União Europeia (UE) vivem com um salário mínimo em seus países. Já no Brasil, esse grupo equivale a 34,4%, um recorde. Fora que as regras para salários mínimos mudam em cada país da Europa.

Mas atenção, um país ter um salário médio maior não quer dizer que dê aos cidadãos maior poder de compra. Precisaremos ver também os gastos básicos para se viver com dignidade nesses países, o custo de vida em cada um.

3. Custo de vida nos países europeus e no Brasil

Custo de vida e poder de compra são coisas diferentes. Enquanto o custo de vida é medido apenas pelo quanto se gasta para viver em determinado país, o poder de compra leva em conta também o quanto se ganha para gastar.

Agora que já sabemos a média salarial, vamos comparar também o quanto você gastaria mensalmente para viver bem em cada país.

Confira na tabela abaixo os valores estimados de custo de vida na Europa e no Brasil.

País Custo de vida de uma pessoa sem aluguel (reais) Custo de vida de uma pessoa sem aluguel (euros)
Brasil R$ 2.420,67 431,85€*
Portugal R$ 2.958,98* 527,88€
Reino Unido R$ 4.304,22* 767,87€*
Itália R$ 4.182,98* 746,24€
Espanha R$ 3.406,57* 607,73€
Alemanha R$ 4.336,29* 773,59€
França R$ 4.563,19* 814,07€

* Valores aproximados convertidos de acordo com a taxa de câmbio de 17 de Março de 2022, onde 1€ equivalia a R$5,60 e £1 equivalia a 1,19€.

Os valores na tabela são estimativas do site Numbeo.com e incluem uma série de despesas do dia-a-dia para viver com qualidade de vida.

Porém, trazem à tona a realidade assustadora da vida adulta: ter uma vida minimamente à vontade custa caro. No Brasil, custa mais do que o salário mínimo.

A maioria das pessoas no Brasil não conseguiria viver bem sozinha, financeiramente falando. É aí que a ajuda da família e apoios governamentais se tornam essenciais para a sobrevivência de muita gente.

4. Comparação dos gastos entre o Brasil e a Europa

Tendo em mente o salário médio e o custo de vida nesses países, vamos encarar de frente o poder de compra na Europa. Vamos descobrir quanto do seu salário você precisa gastar para ter os mesmos produtos.

Cesta básica no Brasil e na Europa

Em 2020 no Brasil, dependendo do estado, a cesta básica já consumia entre 44,86% a 65% do salário mínimo nacional. A alta nos preços tem tornado as contas das famílias mais pobres desesperadoras.

Enquanto na Europa não existe o mesmo esquema da cesta básica que temos no Brasil, é possível calcular quanto seriam os mesmos produtos em cada país.

O Euro Dicas fez uma pesquisa em outubro de 2021 de quanto ficaria a cesta básica em Portugal, e chegou à conclusão que equivaleria a apenas 13,12% do salário mínimo. Considerando que a alimentação é um dos maiores gastos dos orçamentos familiares, isso já explica o fato do poder de compra na Europa ser tão maior que no Brasil.

Preço da gasolina no Brasil e na Europa

Por exemplo, o preço do combustível. O transporte é mais um importante fator para se ter em conta no seu orçamento familiar. E, embora o preço da gasolina no Brasil seja mais barato que na Europa, a sua relação com o salário mínimo é chocante. Os valores foram cotados em Março de 2022 e já sofre os efeitos da Guerra na Ucrânia.

Confira na tabela os preços médios da gasolina por litro:

País Preço da gasolina por litro (reais) Preço da gasolina por litro (euros)
Brasil R$7,006 1,25€
Portugal R$11,37 2,028€
Reino Unido R$11,93 2,129€
Itália R$10,65 1,90€
Espanha R$10,43 1,86€
Alemanha R$12,33 2,20€
França R$11,10 1,98€

Os dados da tabela foram retirados do site Global Petrol Prices e são referentes a 17 de março 2022.

Para uma pessoa abastecer seu carro no Brasil, supondo que tenha um tanque de 40 litros, precisará de cerca de R$260. Ou seja, mais ou menos 21% do salário mínimo.

Enquanto isso, em Portugal, abastecer um tanque de 40 litros de gasolina equivaleria a cerca de 9,6% do salário mínimo português. Na Alemanha, seria cerca de 3%.

Comparar preços carros Europa e Brasil

Comprar carro no Brasil x na Europa

Não só a gasolina é mais cara no Brasil face o salário mínimo, mas os carros também. Segundo um levantamento de 2021 da Scrap Car Comparison, o Brasil é o 5º país do mundo onde é mais caro comprar um carro, em relação ao salário médio anual.

Para chegar ao valor médio de compra de um carro, um brasileiro precisaria juntar 441,89% do salário médio de um ano de trabalho. Ou seja, mais de quatro anos de economias totais para juntar suficiente. Enquanto nos Estados Unidos, por exemplo, 54,87% do salário anual já é possível.

Já do outro lado da lista, os países onde é mais fácil comprar um carro na Europa são a Dinamarca, Suécia, Alemanha, Holanda, França e Reino Unido.

O Índice Big Mac

Baseado na teoria da Paridade do Poder de Compra (PPC), o Índice Big Mac compara o preço do famoso hambúrguer em mais de cem países. Dessa forma, consegue medir o valor das moedas em relação ao dólar estadunidense e a força de suas economias.

Segundo a revista The Economist, oficial criadora deste índice, um Big Mac é 22,8% mais barato no Brasil que nos Estados Unidos. Porém, baseado nas diferenças de PIB per capita, deveria custar 41,3% menos. Ou seja, fica mais caro para um brasileiros comprar um Big Mac no Brasil, assim como todo o resto.

Esse índice é muito útil, porque o produto é exatamente o mesmo, e mostra exatamente qual é o poder de compra em países com moedas diferentes.

Macbook Pro

Outro exemplo claro da diferença entre o poder de compra na Europa e no Brasil são os produtos eletrônicos. Se você for comprar um Macbook Pro 14” 2021, vai custar menos para o seu bolso se for em alguns países, principalmente se você receber um salário de lá.

  • No Brasil, o Macbook Pro 14” 2021 custa R$ 26.999. Mais de 24 vezes o salário mínimo brasileiro, de R$ 1.100 neste ano;
  • Em Portugal, o mesmo produto é vendido na loja oficial por 2.349,00€, quase 4 vezes o salário mínimo;
  • Na Alemanha, a loja oficial vende por 2.249,00€, e apenas 2 meses de salários mínimos já conseguem pagar o laptop de primeira geração.

Grande diferença, não é? Afinal, morar bem na Europa não é coisa de rico. Já no Brasil, parece que sim.

5. O poder de compra na Europa também muda com a inflação

Além disso, o que faz o poder de compra de um país mudar é a inflação dos preços face ao crescimento dos salários. Você não tem a sensação de que tudo está mais caro? Que vai ao mercado e com o mesmo valor traz cada vez menos compras para casa? Esse é o seu poder de compra diminuindo.

A taxa de inflação na União Europeia até novembro de 2021, segundo relatório divulgado pelo Eurostat, era de 5,2%.

Na lista de países com mais brasileiros, a Alemanha teve uma das maiores taxas de inflação, com 6%. Portugal teve a 2ª taxa mais baixa, com 2,6%.

Já a inflação no Brasil em 2021 fechou em 10,06%, sendo assim um dos países com as piores inflações no mundo.

Fica cada vez mais difícil viver com pouco dinheiro no Brasil.

Então da próxima vez que você estiver pesquisando sobre um novo país, não se limite a saber somente o salário mínimo, tente descobrir o que esse salário pode comprar de fato no dia a dia para a sua família.

6. Quais são os países com maior poder de compra?

Confira na tabela abaixo o ranking de países com maior poder de compra na Europa e o Brasil. Eles estão classificados pelo Produto Interno Bruto (PIB) em Paridade do Poder de Compra.

Posição no ranking mundial País
Luxemburgo
Irlanda
Suíça
18º Alemanha
26º França
28º Reino Unido
32º Itália
40º Espanha
45º Portugal
86º Brasil

Dados da tabela são do Fundo Monetário Nacional referentes a 2021.

Dessa forma, embora Luxemburgo tenha preços mais altos, tem também os salários mais altos. O que permite que a população no geral tenha o maior poder de compra de todo o continente europeu. Ou seja, morar em Luxemburgo, para quem recebe um salário de lá, sai muito mais em conta do que morar em Portugal recebendo um salário de Portugal.

Vendo essa lista, faz sentido que cidadãos de países com maior poder de compra sintam que países com menor poder de compra são tão baratos. E vice-versa.

Quem mora na Irlanda e vem de férias para Portugal, pode gastar mais que os portugueses e ainda ter bastante sobrando. Já se for o contrário, os preços na Irlanda para o salário português parecem altíssimos.

7. E se morar na Europa mas tiver rendimentos do Brasil?

Assim como muitos brasileiros aposentados e pensionistas estão aproveitando para morar na Europa, existem também aqueles que trabalham para empresas brasileiras morando na Europa. Ou seja, com salário ou rendimentos em reais.

Porém, embora muita gente faça isso, não significa que seja extremamente vantajoso ou fácil. Receber em reais e gastar em euros não tem um bom custo-benefício.

Diferenças do poder aquisitivo em euros e reais

Além de gastar muito dinheiro com taxas de transferências internacionais, o seu salário estaria preparado para o custo de vida no Brasil. Este, por sua vez, é muito menor que o custo de vida na Europa. Então pode ser que, ao fazer isso, você esteja encurtando o seu poder de compra para além do previsto.

O poder de compra na Europa é maior para quem recebe na moeda local, não em uma moeda de valor menor.

Esse é mais um bom motivo para que você procure se adaptar ao mercado de trabalho europeu quando vier morar aqui na Europa. Pode demorar, mas compensa.

8. Será que vale a pena sair do Brasil?

De acordo com pesquisas e dados de 2021 publicados pelo Atlas das Juventudes, 47% dos jovens brasileiros gostaria de sair do Brasil.

A juventude brasileira, cada vez mais instruída e qualificada, quer sair do país em busca de segurança e melhores oportunidades. O que, no mundo globalizado, faz total sentido. Mas será que vale a pena? Afinal, dinheiro não é tudo, e morar fora não é um conto de fadas.

Ninguém pode te dizer se você deve ou não se mudar de país. Essa é uma experiência intensa que pode ser a melhor da sua vida, ou não. Muitos brasileiros voltam para o Brasil após experimentarem morar na Europa. E tudo bem! Afinal, quem é brasileiro sabe como nosso país é maravilhoso.

Fonte: https://www.eurodicas.com.br

Assine para receber mais Posts

%d blogueiros gostam disto: