ROMERO – "O Peregrino"

"Somos peregrinos neste mundo"

A Igreja é um “formidável exército com bandeiras”

Referência: Cantares 6:10 ARC

Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, formidável como um exército com bandeiras?

INTRODUÇÃO

• Existem três métodos de interpretar o livro de Cantares: o método literal, o moral e o alegórico. Há aqueles que olham para este livro apenas como uma história de amor entre o marido e a esposa. Há aqueles que pensam que este livro foi escrito para combater a poligamia e mostrar o ideal do casamento monogâmico.

A IGREJA É TERRÍVEL COMO UM EXÉRCITO COM BANDEIRAS – O QUE A IGREJA É PARA OS INIMIGOS DE DEUS

1. A igreja é um exército sob o comando do supremo general que é Cristo (Salmos 46:7)

A igreja sobre a terra é uma igreja militante

Cada crente é um soldado do exército de Deus, sob as ordens de Cristo, o comandante-em-chefe. Fomos chamados para lutar contra o diabo, o mundo e a carne. Fomos alistados para declarar guerra ao pecado, a toda sorte de ignorância, superstição, vício e imoralidade.

Até o dia do triunfo final, devemos lutar

Resgatar pessoas, cativas pelo amor de Deus, aos pés do comandante Jesus Cristo. Nosso comandante já destronou o inimigo. Ele já pisou na cabeça do inimigo. Ele já desfez as obras do inimigo. Ele já triunfou sobre o inimigo e o expôs ao desprezo.

Ser cristão é alistar-se no exército de Deus

Vida cristã não é um retiro espiritual nem uma colônia de férias. Ser cristão é entrar num combate sem trégua. Ser cristão é pertencer à tropa celestial. Ser cristão é viver sob as ordens de Cristo.

Ser cristão é ser submisso e obediente a Cristo

Não podemos lutar sem obedecer as normas. Não podemos entrar no combate sem nos submeter ao comandante em chefe que é Cristo.

A igreja é um exército com vários pelotões, guerreando em várias frentes, mas todos pela mesma causa, sob as ordens do mesmo comandante.

2. A igreja é um exército em marcha (Êxodo 14:15) 

A igreja não é um exército medroso e tímido

Como o exército de Saul que fugia diante do gigante Golias. A igreja é um exército que avança contra as portas do inferno e quebra os ferrolhos de bronze, arrancando vidas da potestade de Satanás para Deus, tirando vidas da casa do valente e do império das trevas. Jesus disse:

“Eu edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16:18).

A igreja não bate em retirada

Ela avança sempre. Ela não teme a morte. Ela não teme perigos. Os soldados de Cristo não abandonam a luta. Quem abandona é porque nunca foi verdadeiro soldado. O soldado de Cristo nunca dá as costas para o inimigo. Na panóplia de Deus não existe proteção para as costas.

3. A igreja é um exército equipado para o combate (Efésios 6:11)

A igreja tem toda a armadura de Deus

Ela não luta com armas carnais, mas com armas espirituais, poderosas em Deus, para desfazer sofismas. Ela está equipa com o cinturão da verdade, com o escudo da fé, com o capacete da salvação, com as sandálias da preparação do evangelho, com a espada do Espírito e concentrada com toda oração.

A igreja não entra no combate confiada na sua força, mas é revestida com o poder de Deus.

A igreja não entra no combate sem saber contra quem está lutando

Ela não faz do aliado inimigo, nem do inimigo aliado. Ela declara guerra contra o diabo e suas hostes. Ela odeia o mal. Ela abomina o pecado. Ela é lugar de abrigo para os penitentes, mas um terror para as hostes da iniquidade.

4. A igreja é um exército vitorioso (1 Crônicas 12:22) 

A igreja é um exército conquistador

As suas bandeiras não estão enroladas, mas estão tremulando. O diabo treme quando a vê. Um crente piedoso é uma poderosa arma nas mãos de Deus. Um crente piedoso é um terror para o inferno: “Eu conheço a Jesus e sei quem é Paulo, mas vós quem sois”

(Atos 19:15). A rainha da Escócia tinha mais medo das orações de John Knox do que dos exércitos da Inglaterra. A igreja vence o diabo, destrona o mal, triunfa sobre a iniquidade, vence o mundo com a sua fé e conquista os perdidos para Cristo.

Ela saqueia o inferno

Ela é cooperadora com Deus na sua obra. Ela invade os antros do pecado. Ela leva a luz de Cristo na escuridão onde os homens se embriagam, adulteram e se corrompem. A igreja é ganhadora de almas, um exército vencedor.

A igreja é imbatível

Os homens podem levar a igreja para as grades, para as prisões e até mesmo para a morte, mas nem o diabo, nem o mundo podem derrotar a igreja. Ela é mais do que vencedora em Cristo Jesus. A igreja vence o dragão pelo sangue do Cordeiro e palavra do testemunho. Com a morte, a igreja vence aquele que tem o poder da morte, porque prefere morrer do que negar o seu comandante.

A igreja é um terror para os inimigos de Deus

Ela é invencível. Ela é um terror para os que praticam o mal. Ela é como o seu comandante. Cristo é o libertador dos cativos, mas é o atormentador dos demônios. A ordem de Jesus aos demônios é:

Saia ! O mal está sempre dizendo para a igreja como o endemoniado disse para Jesus: deixem-nos sozinhos. Mas a igreja precisa confrontar o mal. Ela jamais pode deixar o mal sozinho. Ela não pode calar sua voz nem deixar de usar a espada do Espírito. A ordem da igreja é: Retira-te espírito imundo!

A igreja está chamando novos soldados

Os eleitos de Deus sendo chamados das trevas para a luz, da morte para vida, da escravidão para a liberdade, das fileiras do diabo para se alistarem no exército de Cristo. O exército de Cristo é como exército de Davi, formado de homens angustiados, endividados.

Os soldados de Cristo são pecadores arruinados que se arrependem e são aceitos e se rendem ao Senhor.

Cada convertido é um novo soldado alistado

Estar no exército de Cristo e amar o mundo é uma traição. Estar no exército e não empunhar as armas, é uma omissão covarde. Nossas bandeiras devem estar desfraldadas. Devemos avançar sempre. Nosso lema é vencer e vencer. Em breve a guerra vai acabar e então, reinaremos com Cristo para sempre!

CONCLUSÃO

A igreja descrita por esse texto não é uma instituição, mas um organismo. Não é um prédio, é você.

Você é um conquistador. Você é um guerreiro. Você está alistado para guerrear as guerras do Senhor. Jesus é comandante-em-chefe.

Você precisa guerrear sob suas ordens, com as suas armas, obedecendo as suas estratégias e usando o seu poder. Você não é um derrotado, mas mais do que vencedor!

Fonte: Pastor Hernandes Lopes

Assine para receber mais Posts

%d blogueiros gostam disto: