ROMERO – "O Peregrino"

"Somos peregrinos neste mundo"

Muito cuidado com estes alimentos!

O mercado de alimentos continua a se expandir a taxas aceleradas, com fabricantes e marcas criando novos produtos todos os dias. Os negócios estão estourando, com as vendas de supermercado tendo mais do que dobrado nos últimos 30 anos apenas nos EUA.

Consumidores amam consumir produtos gostosos e baratos, mas será que já paramos para olhar por trás das cortinas para investigar o que exatamente está contido nos nossos alimentos? De secreções de bumbum de castor à sebo de ovelha em gomas de mascar, tem muita coisa em nossos alimentos que você não vai encontrar nas propagandas do Walmart.

1. Jujubas

Empresa: Jelly Belly e outras
Ingrediente: Goma-laca

Uma grande porção da população mundial deve ser familiar com a goma-laca por várias razões. Goma-lama está presente em esmaltes fortalecedores, e em verniz para móveis… também é utilizada em jujubas para conferir aquela finalização brilhosa e apetitosa. E se conectar os dois não fosse ruim o suficiente, as coisas ficam ainda piores.

Jelly Beans ©New Africa / Shutterstock.com Jelly Beans ©New Africa / Shutterstock.com

A Goma-laca é produzida pelo inseto fêmea da espécie Kerria lacca, que vive sob uma dieta de seiva de árvore. Os pequenos insetos são colhidos, processados, e acabam em uma variedade de produtos de confeitaria, incluindo de marcas como Jelly Belly e outras que você pode encontrar nos supermercados.

2. Pão de Forma

Empresa: Grupo Bimbo e outros
Ingrediente: L-cisteína

Há muitos anos (muitos anos mesmo!), o pão de forma era apenas um sonho distante. As pessoas tinham que assar seus próprios pães ou comprá-los sempre na padaria. Mas hoje em dia, o pão de forma é um item comum de todas as casas. No entanto, existe uma razão para explicar por que o pão da padaria dura tão pouco enquanto o pão de forma chega a durar semanas.

Packaged Bread ©CGN089 / Shutterstock.com Packaged Bread ©CGN089 / Shutterstock.com

Se trata da L-cisteína, que não é qualquer velho preservante de alimentos. O composto é natural, mas isso não o torna nada melhor. Ele vem do cabelo humano, e de acordo com a Vice, a fonte mais popular do composto é de salões de cabeleireiro na China. O cabelo é acumulado, dissolvido em ácido, e a L-cisteína é removida, para ser enviada às padarias e assada com o pão.

3. Queijo

Empresa: Schuman’s Fairfield e outras
Ingrediente: Forro do estômago de cabra (ou rennet)

Queijo é um delicioso alimento, que gera uma boa quantidade de dinheiro para diversas companhias anualmente. É um dos alimentos mais populares e mais comprados no mundo todo, mas você já parou para pensar no que pode estar no seu queijo?

Cheese ©MaraZe / Shutterstock.com Cheese ©MaraZe / Shutterstock.com

Um bloco dessa delícia leitosa pode aparecer em primeiro lugar na sua lista de compras, mas e se nós te disséssemos que queijo é feito a partir do forro do estômago de cabras, bezerros ou carneiros? O que é ainda mais assustador é que o animal em questão precisa ser um bebê e ainda estar mamando para ter a enzima necessária para produzir o queijo.

4. Carne Embalada

Empresa: Walmart e outros
Ingrediente: Monóxido de carbono

As famílias mais ocupadas costumam estocar carne embalada quando vão ao supermercado. Meio quilo de carne moída dura algumas refeições e é barata o suficiente para alimentar todo mundo. Mas, mesmo se você estiver comprando das melhores marcas, talvez você esteja consumindo mais do que puras proteínas.

Packaged Meat ©Sergey Ryzhov / Shutterstock.com Packaged Meat ©Sergey Ryzhov / Shutterstock.com

Fábricas de carne usam monóxido de carbono para manter aquela cor avermelhada da carne, que geralmente escureceria ao ter contato com o ar. É claro, a quantidade é pequena e não impacta no sabor, mas na verdade se trata de uma faca de dois gumes. Mesmo que a carne esteja estragada, ela vai manter a mesma coloração, então talvez você queira ter mais cuidado ao escolher a sua nas prateleiras de supermercados no futuro.

5. Cerveja

Empresa: Várias
Ingrediente: Cola de peixe

Por anos, a cerveja foi quase universalmente aceita como algo que todos podem aproveitar, independente das suas preferências alimentares. É claro, algumas pessoas são alérgicas a alguns dos ingredientes, mas você sabia que vegetarianos também precisam ter cuidado?

Beer ©Syda Productions / Shutterstock.com Beer ©Syda Productions / Shutterstock.com

Existe um ingrediente escondido na cerveja chamado ictiocola, utilizado no processo de fermentação. Ele ajuda a tornar a cor mais limpa e convidativa, mas de onde vem? Ele é derivado da bexiga dos peixes. Sim, aquele amargo tem um gosto diferente agora, não é mesmo? Vale notar que cervejas como a Budweiser não possuem o ingrediente nos seus produtos.

6. Goma de Mascar

Empresa: Trident e outras
Ingrediente: Lanolina ou sebo

Goma de mascar existe há muitos anos. Alguns acreditam que é um hábito nojento, mas se soubessem exatamente o que está na composição do produto, pensariam até pior. Para fazer a goma ficar macia e mascável e conferí-la com sua famosa textura, as empresas costumam usar lanolina.

Chewing Gum ©Billion Photos / Shutterstock.com Chewing Gum ©Billion Photos / Shutterstock.com

Lanolina pode parecer inofensiva, mas na verdade é algo que escorre da lã de ovelha. O equivalente humano seria o sebo, que é basicamente um tipo de óleo que sai de nossos poros. Então, a próxima vez que você comprar um pacote de goma de mascar na Amazon, vale a pena parar e lembrar exatamente o que você está colocando na boca.

7. Marshmallows

Empresa: Fini e outras
Ingrediente: Couro e ossos de porcos e vacas (ou gelatina)

Neste ponto de nossas vidas, a maioria de nós já sabe que a gelatina é um ingrediente comum em muitos alimentos, principalmente doces. Mas você sabia que ossos de vacas e porcos esmagados também são utilizados para fazer marshmallows?

Marshmellows ©Oksana Lyskova / Shutterstock.com Marshmellows ©Oksana Lyskova / Shutterstock.com

Na próxima vez que for colocar um pacote no carrinho no Walmart, lembre-se o que está por dentro dessa deliciosa bolinha de fofura. O açúcar pode ajudar a esconder o fato de que você está devorando carcaças de animais fervidas, mas não se engane – os ossos ainda estão lá, mesmo que você não possa sentir o gosto.

8. Molho Worcestershire

Empresa: Lea & Perrins
Ingrediente: Anchovas fermentadas em vinagre

O mundo se divide entre dois tipos de pessoas: aquelas que amam anchovas e aquelas que a odeiam com paixão. O salgado peixe é muito polarizados quando se trata de seu gosto, mas seu rico sabor o torna um ingrediente essencial em alguns alimentos, mesmo que você não perceba.

Worcestershire Sauce ©Ralf Liebhold / Shutterstock.com Worcestershire Sauce ©Ralf Liebhold / Shutterstock.com

O molho worcestershire é mais popular na Grã-Bretanha, mas ainda está disponível em outras partes do mundo. E marcas como a Lea & Perrins usam anchovas fermentadas no vinagre por mais de um ano e meio para fazer os seus. Talvez venha daí o gostinho salgado e o sabor pronunciado do molho.

9. Cogumelos Enlatados

Empresa: Várias
Ingrediente: Vermes e ácaros

Vamos lá: cogumelos crescem do chão. São literalmente fungos que, por acaso, tem um gosto delicioso, mas nem tudo é o que parece quando se trata de cogumelos enlatados. Não se trata tanto dos cogumelos em si, e sim do que vai acabar na lata com eles.

Canned Mushrooms ©Lyudmila Mikhailovskaya / Shutterstock.com Canned Mushrooms ©Lyudmila Mikhailovskaya / Shutterstock.com

Diretrizes da agência de alimentos americana, a FDA, permitem um certo número de vermes e ácaros nas latas. Cerca de 30 vermes por lata são considerados seguros pela organização, assim como 75 ácaros. Não significa que aqueles que você comprou no supermercado vão ter algum, mas é um pouco preocupante pensar que isso é legalmente permitido.

10. Creme para Café

Empresa: Coffee-Mate
Ingrediente: Óleo

Dá para se falar muito sobre o café preto, e uma bela xícara de café sem açúcar. Se você gosta do seu café mais claro e usa um creme para atingir o efeito, tudo bem também – dependendo do tipo de creme que você usa. Algumas versões sem lactose são… interessantes, para dizer o mínimo.

Coffee Creamer ©ThamKC / Shutterstock.com Coffee Creamer ©ThamKC / Shutterstock.com

A Liquid Coffee-Mate, por exemplo, usa água, sólidos de xarope, e óleo de soja para atingir a mesma consistência do leite. Em resumo, não está deixando seu café cremoso coisa nenhuma, só adicionando uma bela quantidade de óleo para fazê-lo parecer mais suave. Você não vai encontrar nada parecido no menu da Starbucks.

11. Gelatina de Potinho

Empresa: Jell-O
Ingrediente: Couro de vaca e de porco (gelatina)

A balançante gelatina de potinho pode servir para uma série de coisas, de sobremesa a um lanchinho pós-escola. E ela é tão popular que se tornou parte da cultura, mas quando você pára e pensa sobre seus ingredientes, suas memórias de infância podem acabar arruinadas.

Jell-O ©calimedia / Shutterstock.com Jell-O ©calimedia / Shutterstock.com

Gelatina é o principal ingrediente desses potinhos, junto com açúcar e flavorizantes. Essencialmente, ela é composta de carcaças de animal.

12. Salada Caesar

Empresa: Vários
Ingrediente: Anchovas

Se você é vegetariano, pedir uma salada quando você come fora parece uma escolha segura. Afinal, não tem nenhuma carne na salada caesar se você pedí-la sem frango, não é mesmo? É verdade até certo ponto. Afinal, alface é um vegetal, mas tem uma pegadinha aí.

Caesar Salad ©nadianb / Shutterstock.com Caesar Salad ©nadianb / Shutterstock.com

Um dos atrativos desse tipo de salada é o molho, e ele não é nada vegetariano. Na verdade, a maioria das saladas caesar pré-prontas possuem molhos feitos de anchovas. Sim, aqueles peixinhos sacanas estão causando problemas de novo, e empresas como a Kraft admitem que seus molhos não são seguros para alérgicos a peixes.

13. Parmesão

Empresa: Vigor e outras
Ingrediente: Celulose/polpa de madeira

É difícil imaginar que o delicioso queijo que você coloca sobre sua macarronada tem qualquer coisa que não leite em sua composição, mas a realidade é muito diferente. Inclusive, a maior parte das marcas de queijo ralado por aí incorporam polpa de madeira na mistura.

Grated Parmesan ©Nitr / Shutterstock.com Grated Parmesan ©Nitr / Shutterstock.com

Não é uma “tática secreta”, mas um segredo aprovado pelas agências sanitárias. Polpa de madeira, também conhecida como celulose, é um ingrediente natural, utilizado como ingrediente que evita que o queijo fique grudado em pedacinhos. E não é apenas o parmesão que possui celulose, mas a maioria dos queijos ralados usa essa tática para evitar que ele grude.

14. Suco de Laranja

Empresa: Del Valle e outras
Ingrediente: Butirato de etila

Se você gosta de tomar um belo suco de laranja pelas manhãs e não quer deixar isso para trás, é melhor não ler este item. Não importa quão “fresco” seja o seu suco de laranja de caixinha, a maioria das marcas depende de químicos para dar sabor à mistura.

Orange Juice ©Niloo / Shutterstock.com Orange Juice ©Niloo / Shutterstock.com

Por exemplo, butirato de etila é comumente utilizado para dar sabor artificial aos sucos de laranja. É claro, o suco fresco precisa ser conservado de alguma forma, e este processo faz com que o sabor se perca no caminho. Mas adicionando um composto artificial como este à mistura, as empresas conseguem dar a volta por cima no sabor.

15. Frango Melhorado

Empresa: Várias
Ingrediente: Sódio

Existem muitos tipos diferentes de comida no mercado que possuem uma alta quantidade de sódio, mas às vezes isso se dá simplesmente pela mistura de ingredientes. Em outros casos, é feito intencionalmente por razões cosméticas.

Enhanced Chicken ©Goncharov_Artem / Shutterstock.com Enhanced Chicken ©Goncharov_Artem / Shutterstock.com

As empresas estão enxertando água salgada no frango há anos, por uma série de razões. Não apenas porque isso faz com que a carne pareça mais suculenta e apetitosa, mas também porque aumenta o seu peso, o que significa que ela é vendida por mais dinheiro. Infelizmente, para o consumidor, significa que o nível de sal nas carnes é extremamente alto.

16. Carne Melhorada

Empresa: Várias
Ingrediente: Sódio

Quanto mais pesada a carne, mais dinheiro os fazendeiros ganham. E quanto mais suculenta elas parecem, mais elas vendem nas lojas. Isso dito, enxertar água salgada em bifes não é uma prática nova. Você já deve ter percebido como a carne diminui de tamanho após cozida.

Enhanced Beef ©Andrei Iakhniuk / Shutterstock.com Enhanced Beef ©Andrei Iakhniuk / Shutterstock.com

Em parte, isso se deve à água vazando da carne. E água é uma coisa, mas água salgada acaba dando à carne uma taxa de sódio muito mais alta, que não é saudável. Sal demais na dieta pode causar uma série de problemas para nós, então seja bastante cuidadoso ao escolher sua carne do jantar no futuro!

17. Mel

Empresa: Clover e outras marcas
Ingrediente: Vômito de abelha

Todos amamos um pouquinho de mel, seja na torrada, no chá, ou até mesmo para comer com granola. Mas você já parou para pensar sobre como o mel realmente é feito? Todos sabemos que ele vem das abelhas, mas como as abelhas fazem mel?

Honey ©id-art / Shutterstock.com Honey ©id-art / Shutterstock.com

As abelhas na verdade possuem um estômago separado para produzir mel quando acumulam néctar. Quando chega a hora, as abelhas basicamente vomitam e, eventualmente, o vômito se torna mel. Pode parecer nojento em termos de biologia, mas na verdade o mel é um ótimo produto, que deveríamos consumir mais.

18. Whey

Empresa: Várias
Ingrediente: Leite coalhado

Whey protein só vem crescendo em popularidade nos últimos anos. Fisiculturistas utilizam o composto para crescer, e ele é considerado um dos suplementos para academia mais bem vendidos do mercado, com diferentes empresas vendedoras. Mas o que é o Whey?

Whey ©Enfoca y dispara / Shutterstock.com Whey ©Enfoca y dispara / Shutterstock.com

É melhor se preparar, porque o pó de whey não é nada menor que leite coalhado em uma lata bonitinha. Whey é a parte do leite que sobra quando você drena a água, e ele então é seco e vendido para as pessoas. Isso significa que, se você é alérgico à lactose, não pode consumi-lo. Mas é nojento o suficiente para tirá-lo das prateleiras? Aparentemente não.

19. Refrigerante Diet

Empresa: Coca-Cola e outras
Ingrediente: Aspartame

Quem inventou o refrigerante merece um tapinha nas costas, pois inventou uma das maiores indústrias de todos os tempos, abrindo o caminho para titãs da indústria como a Coca-Cola. No entanto, as empresas de refrigerante perceberam rápido que existe um mercado para bebidas diet, baixas em caloria e sem açúcar.

Diet Soda ©BrandonKleinPhoto / Shutterstock.com Diet Soda ©BrandonKleinPhoto / Shutterstock.com

O único lado negativo é que esses produtos não tem um gosto tão bom, que é onde os adoçantes artificiais entram em jogo. O aspartame é um dos adoçantes mais comumente utilizados, mas ele possui uma má reputação já que foram encontradas correlações entre o consumo de aspartame e câncer. Também se imagina que o aspartame bloqueia uma das proteínas que ajuda no emagrecimento – o que, em última instância, torna o produto inútil.

20. Sorvete de Morango

Empresa: Várias
Ingrediente: Bumbum de castor (ou castóreo)

O belo mundo da inovação alimentícia às vezes exige que chefs inventem novas técnicas, mas você sabia que existe uma boa chance de você já ter comido bumbum de castor na sua vida? Também conhecida como castóreo, a substância é secretada por glândulas anais de castores, e supostamente dá sabor a produtos como o sorvete.

Strawberry Ice Cream ©USAN ZIDAR / Shutterstock.com Strawberry Ice Cream ©USAN ZIDAR / Shutterstock.com

Na maior parte do tempo, fabricantes chamam o composto simplesmente de “ingredientes naturais” na embalagem, já que não existe obrigação legal de declarar que se trata de suco de bumbum. Mas vamos encarar a realidade, se soubéssemos o que vai na composição desses produtos, provavelmente não os consumiríamos.

21. Pirulito Sabor Framboesa

Empresa: Várias
Ingrediente: Bumbum de castor (castóreo)

Pirulitos vem em uma variedade de sabores, mas os de sabor framboesa têm um ingrediente adicional que vai fazer você vomitar na hora. Não dá para imaginar pelo sabor, mas pirulitos de framboesa possuem um ingrediente muito natural, e muito estranho em sua composição.

Raspberyy Flavored Lollipop ©JeniFoto / Shutterstock.com Raspberyy Flavored Lollipop ©JeniFoto / Shutterstock.com

Sim, estamos falando de suco de bumbum de castor de novo, ou castóreo. Este “ingrediente natural” está na composição de mais produtos do que você imagina. Considerando que é um ingrediente natural e que não causa mal à saúde, fabricantes não precisam declará-lo pelo nome nas embalagens. Que isso sirva de lição – você nunca sabe exatamente o que está consumindo.

22. Pringles

Empresa: Pringles
Ingrediente: Bissulfato de Sódio

A maioria de nós não faria relação entre a Pringles e os limpadores de privada, não é mesmo? Os dois produtos são tão diferentes que parece impossível fazer comparação entre eles. Mas na verdade, existe um composto comum aos dois que a maioria das pessoas nunca imaginaria.

Pringles ©Mehaniq / Shutterstock.com Pringles ©Mehaniq / Shutterstock.com

O bissulfato de sódio é um dos ingredientes utilizado na Pringles, mas também em produtos de limpeza como limpadores de privada, pastilhas de louça, e mais. Embora esses produtos estejam mais próximos entre si do que da Pringles, ainda é interessante pensar que você está consumindo algo utilizado para limpar limo.

23. Farinha Branca

Empresa: Várias
Ingrediente: Dióxido de cloro

A farinha branca que utilizamos para assar bolos parece muito inocente por fora, não é mesmo? A substância fofa e lisinha parece natural, mas não é exatamente isso que diz a embalagem. Algumas marcas utilizam gás de dióxido de cloro para tornar a farinha mais branca.

White Flour ©Africa Studio / Shutterstock.com White Flour ©Africa Studio / Shutterstock.com

Respirar essa substância pode levar a problemas de saúde como doenças do pulmão e até edemas pulmonares. Quanto mais você respira, pior fica. Então, na próxima vez que pegar um pouco de farinha, certifique-se de checar a lista de ingredientes duas vezes. Gás de dióxido de cloro também é utilizado em laboratórios para esterilizar equipamentos.

24. Sorvete de Baunilha

Empresa: Várias
Ingrediente: Castóreo

Aparentemente, o bumbum dos castores é muito gostoso. Não temos certeza de quem descobriu que eles tem gosto de baunilha, mas talvez seja melhor que a pessoa em questão permaneça anônima. Ninguém quer ser conhecido como o cara que descobriu os usos para suco do bumbum de castor, por mais útil que seja.

Vanilla Ice Cream ©5PH / Shutterstock.com Vanilla Ice Cream ©5PH / Shutterstock.com

Sorvete de baunilha é um dos vários produtos alimentícios que podem conter castóreo em sua composição. Não se sabe exatamente que empresas utilizam este presente de Deus, já que a anonimidade parece ser importante quando se trata das secreções deste pequeno mamífero.

25. Doces Vermelhos

Empresa: Várias
Ingrediente: Carmim

Vermelho é uma bela cor para doces. É vibrante, convidativa e parece suculenta. É por isso que a cor é uma escolha popular para muitas empresas, de 7-belo à Skittles. Não é segredo que a cor é atingida através de corantes, mas você sabia que uma das fontes do corante vermelho é o carmim?

Red Colored Candy ©Africa Studio / Shutterstock.com Red Colored Candy ©Africa Studio / Shutterstock.com

Carmim vem das barrigas de besouros africanos fêmeas. Elas são basicamente esmagadas e ordenhadas pela sua cor, que às vezes é descrita como Vermelho Natural #4 nas embalagens. Alguns dizem que é melhor do que utilizar fontes artificiais, mas ainda assim – barriga de besouro. Nojento.

26. Queijo Ralado

Empresa: Várias
Ingrediente: Celulose

Todo mundo ama queijo, mas se soubéssemos o que ele contém, comeríamos tanto assim? E o queijo ralado é o pior de todos, por conta de um ingrediente adicional. Já percebeu como o queijo ralado na hora acaba formando bolinhas, enquanto o comprado no supermercado está sempre soltinho?

Shredded Cheese ©jultud / Shutterstock.com Shredded Cheese ©jultud / Shutterstock.com

Isso acontece por conta de um simples ingrediente: Celulose. A celulose é, essencialmente, a polpa da madeira, ou serragem. Ela é adicionada ao queijo para evitar que ele grude em gominhos ou endureça depois de ralado. É seguro para o consumo, mas ainda é estranho saber que estamos comendo serragem, não é mesmo?

27. Vinho

Empresa: Várias
Ingrediente: Clara de ovos

O que pode estar presente em nossas deliciosas taças de vinho que não uvas e álcool? Bom, na verdade, muita coisa. O vinho pode conter ingredientes muito interessantes que você não esperaria, incluindo (e definitivamente não se limitando a) clara de ovos.

Wine ©Africa Studio / Shutterstock.com Wine ©Africa Studio / Shutterstock.com

Aparentemente, a clara de ovos ajuda a deixar o vinho mais límpido, lhe conferindo uma aparência mais atraente. Então, na próxima vez que for tomar uma taça durante o jantar, lembre-se de fazer um brinde às galinhas por garantirem um vinho tão apetitoso. O vinho contém outros ingredientes além das claras, mas vamos deixar que você os descubra por conta própria!

28. Leite Desnatado

Empresa: Várias
Ingrediente: Leite em pó

Geralmente, quando compramos leite no supermercado, pensamos que adquirimos um produto de qualidade. Embora seja esse o caso com muitas empresas, outras podem não estar revelando a verdade sobre o que sua mistura contém, especialmente se o leite for desnatado.

Fat Free Milk ©Photoongraphy / Shutterstock.com Fat Free Milk ©Photoongraphy / Shutterstock.com

Muitas empresas usam leite em pó nos seus leites desnatados, para ajudar a engrossar a mistura. E você sabe o que é pior? Ninguém tem a obrigação legal de te contar isso, porque em tese o leite em pó ainda é o mesmo ingrediente: leite. Aquela caixinha não parece mais tão fresca agora, não é mesmo?

29. Refrigerantes Cítricos

Empresa: Coca-Cola, Pepsi e outras
Ingrediente: Amarelo 5

Muitas empresas de refrigerante usam corantes para tornar seus produtos mais apetitosos, especialmente se tratando de bebidas cítricas. E um desses corantes é chamado de Amarelo nº 5, cuja função é dar uma cor amarelada à bebida. Mas isso é tudo que este composto faz?

Citrus Flavored Sodas ©hmzphotostory / Shutterstock.com Citrus Flavored Sodas ©hmzphotostory / Shutterstock.com

Há algum tempo, rumores começaram a circular dizendo que o corante Amarelo nº 5 pode encolher os testículos e diminuir a contagem de espermatozóides. Embora o rumor tenha sido provado como falso, certamente não fez bem para a reputação dos produtos que usam o componente.

30. Margarina

Empresa: Várias
Ingrediente: Há uma molécula de ser um plástico

A manteiga é um alimento que a maioria de nós adora. Seja na torrada, para fazer bolos, ou para assar um frango, é difícil substituir a manteiga de verdade. Mas muitas empresas tentaram. A margarina foi inicialmente inventada como comida de peru, mas quando os animaizinhos enjoaram, cientistas encontraram outro uso para a substância.

Margarine ©Ian Francis / Shutterstock.com Margarine ©Ian Francis / Shutterstock.com

Alguns internautas declararam que a margarina, uma substância artificial, está há uma molécula de se tornar um plástico. Se isso é verdade ou não, ainda não foi comprovado, mas certamente torna ela menos apetitosa na hora de passar no pãozinho, não é?

31. Queijo em Lata

Empresa: Kraft e outras
Ingrediente: Leite coalhado

Existe uma razão para o queijo em lata não ser popular em nenhum lugar além dos Estados Unidos. Ele é repugnante demais para a maioria das pessoas, mesmo que elas não saibam o que realmente vai em sua composição. Mas, não é nem preciso dizer, esse tipo de queijo não é muito nutritivo.

Cheese in a Can @melissamn / Shutterstock.com Cheese in a Can @melissamn / Shutterstock.com

Essas latas estão cheias de ingredientes estranhos, incluindo whey – ou leite coalhado. É mais barato do que queijo de verdade e, supostamente, melhor para ser enlatado, então é isso que muitas empresas usam para engrossar o produto. E um ingrediente extra: fosfato de sódio, geralmente usado para aliviar constipações.

32. Linguiças

Empresa: Várias
Ingrediente: Pele de porco

Se você está acostumado a comer linguiça, provavelmente não se importa de estar comendo porco. Mas as linguiças tem um ingrediente a mais para você se preocupar, além do recheio. A capa da linguiça também não é muito apetitosa.

Sausages @Valentina_G / Shutterstock.com Sausages @Valentina_G / Shutterstock.com

Se você estiver comprando de uma marca boa, sua linguiça vai ter pele de porco como capa. Se a marca for ruim, a capa será feita de celulosa ou até mesmo de um plástico fino. E é difícil saber qual é qual, mesmo essa sendo uma decisão importante. Quando se trata de carne, não vale a pena economizar tanto.

33. Arroz

Empresa: Várias
Ingrediente: Arsênico

Toneladas de arroz são consumidas pelo mundo todo, então ele não pode fazer tão mal, não é mesmo? Gostaríamos de pensar dessa forma, mas na verdade, existe um componente no arroz que pode causar sérios problemas. O arroz costuma absorver arsênico do meio ambiente, o que significa que você pode estar ingerindo a substância.

Rice ©gotphotos / Shutterstock.com Rice ©gotphotos / Shutterstock.com

Não é culpa de ninguém, e provavelmente não vai ser o suficiente para fazer mal a você, mas também não vai fazer o sushi parecer mais apetitoso. Arroz integral costuma ter mais da toxina que outras variantes, apesar de também ter mais nutrientes e benefícios à saúde.

34. Sopa Instantânea

Empresa: Knorr e outras
Ingrediente: Areia

Fazer uma sopinha instantânea para o almoço pode parecer uma saída fácil quando você não está se sentindo bem, mas não se engane. O que dá a textura ao produto não é apenas o tempero que não se dissolveu bem o suficiente. Na verdade, a mistura contém areia.

Instant Powder Soup ©Ildi Papp / Shutterstock.com Instant Powder Soup ©Ildi Papp / Shutterstock.com

Areia costuma ser misturada aos outros ingredientes para evitar que eles empedrem. As quantidades são pequenas, mas ainda é estranho pensar que o produto é considerado seguro para o consumo, especialmente se você comer o produto com frequência. Mais uma razão para cozinhar com ingredientes frescos em vez de usar o instantâneo, não é? Mas quem tem tempo para isso…

35. Molho de Salada

Empresa: Várias
Ingrediente: Químicos de tinta

Não existe maneira melhor de deixar sua salada mais gostosa que um bom molho, mas nem tudo é o que parece. Alguns molhos para salada possuem dióxido de titânio na composição, um composto químico encontrado em tintas e filtros solares para dar uma cor mais branca ao produto.

Salad Dressing @Chris LayKK / Shutterstock.com Salad Dressing @Chris LayKK / Shutterstock.com

E esse não é o único segredo por trás daquele belo molho. Propileno de glicol também pode ser encontrado no produto. Se você não conhece a substância, é porque ela costuma ter outros nomes, e serve para evitar congelamentos nos países mais frios. Se você não é um carro no meio da estrada no inverno, por que comeria isso? Aparentemente, o produto é usado para engrossar o molho.

36. Pipoca de Microondas

Empresa: Várias
Ingrediente: Substâncias antiaderentes

Nada melhor que fazer uma pipoca no microondas para assistir um filminho à noite. É rápido, o cheiro é delicioso, e não faz sujeira nenhuma. Mas tem um porém. A parte interna dos sacos de pipoca costuma ser revestida com substâncias antiaderentes para evitar que o milho fique grudado à embalagem.

Microwavable Popcorn ©st.noon / Shutterstock.com Microwavable Popcorn ©st.noon / Shutterstock.com

Funciona, mas essa camada antiaderente também já foi conectada há décadas a vários problemas de saúde, então talvez valha mais a pena ligar o fogão do que usar o microondas. Ninguém quer acordar um dia e descobrir que ficou doente por comer muita pipoca de microondas, não é mesmo? Inclusive, panelas antiaderentes também têm o composto.

37. Caviar

Empresa: Várias
Ingrediente: Bórax

Não precisa ser cientista para saber que não se deve consumir Bórax. Até a Anvisa sabe disso, e por isso o composto não pode estar presente em alimentos vendidos no país. Dito isso, alguns produtos chegam às prateleiras quase escondidos, inclusive o caviar.

Caviar ©BT Image / Shutterstock.com / Shutterstock.com Caviar ©BT Image / Shutterstock.com / Shutterstock.com

Muitas marcas ao redor do mundo usam Bórax para preservar as ovas de peixe, ainda que seja listado pelo nome E285 na embalagem. A próxima vez que decidir gastar uma nota em algo chique para seu jantar, procure saber de onde vem o que você está consumindo, e veja se não tem nada prejudicial no seu alimento.

38. Donuts

Empresa: Várias
Ingrediente: Cera de carnaúba

Todo mundo ama um apetitoso donuts, não é mesmo? Talvez você goste dos com recheio de geleia, ou prefira sabores mais adocicados como chocolate e doce de leite. Mas você já se perguntou por que os donuts tem uma aparência tão brilhante?

Doughnuts ©Fascinadora / Shutterstock.com Doughnuts ©Fascinadora / Shutterstock.com

Isso não vale para todas as empresas, mas a maioria delas usa um composto chamado cera de carnaúba. O nome pode parecer inofensivo, mas é o mesmo ingrediente utilizado em graxa de sapato, cosméticos e até em cera para o chão. Supostamente, é seguro para o consumo, mas ainda é um pouco repugnante, não é?

39. Bolo

Empresa: Várias
Ingrediente: Cabelo humano

Bolos costumam ser feitos de farinha, flavorizantes, e bastante cobertura, mas aqueles produzidos em massa também tem outros ingredientes adicionados à mistura. Infelizmente para todos os amantes de bolos por aí, muitos bolos industrializados possuem a substância L-cisteína na composição. A substância vem de cabelo humano ou penas de pato.

Cake ©Kolpakova Svetlana / Shutterstock.com Cake ©Kolpakova Svetlana / Shutterstock.com

Parece nojento, e realmente é. Mas, supostamente, ajuda a dar mais sabor à fornada. Também não entendemos o porquê, mas podemos todos concordar que, quando estamos comendo um bolo, a última coisa que queremos é cabelo no nosso prato. A substância também está presente em muitos outros alimentos comuns.

40. Nuggets de Frango

Empresa: McDonalds e outras
Ingrediente: TBHQ

Você não precisa ser a Martha Stewart para saber que comida processada não faz bem para você. Mas, ainda assim, a maioria de nós supõe que no mínimo ela é própria para o consumo. Mas nem sempre é esse o caso. Os nuggets do McDonald’s, por exemplo, possuem um composto químico chamado TBHQ.

Chicken Nuggets ©Olga Miltsova / Shutterstock.com Chicken Nuggets ©Olga Miltsova / Shutterstock.com

O composto vem do óleo utilizado para fritá-los, já que evita que o produto estrague. O composto é um antioxidante, mas não um dos benéficos para nós. O composto é permitido em pequenas quantidades em alimentos, mas não é seguro em grandes quantidades.

41. Cereal

Empresa: Várias
Ingrediente: BHT

É comum encontrar conservantes em alimentos, e já sabemos disso. É por isso que as empresas conseguem produzir uma quantidade tão grande de comida para ser enviada para todos os lugares do mundo. No entanto, isso não significa que esperamos ter ingredientes tão questionáveis na nossa alimentação.

Cereal ©ANTHONY PAZ / Shutterstock.com Cereal ©ANTHONY PAZ / Shutterstock.com

Em 2015, a marca americana General Mills resolveu remover um ingrediente da composição de seus produtos após reclamações sobre a segurança da substância sintética, o BHT. Assim como o TBHQ, o BHT é uma substância utilizada para evitar que óleo de fritura estrague. E quem quer comer isso no café da manhã?

42. Orégano

Empresa: Várias
Ingrediente: Afídeos e outros ácaros

Orégano ajuda a dar um ótimo sabor a muitos alimentos, mas se você tira o seu direto da sua horta, certifique-se de lavar bem a planta, e só para ter certeza, lave mais de uma vez. Assim como você, afídeos e ácaros também amam orégano.

Oregano ©HandmadePictures / Shutterstock.com Oregano ©HandmadePictures / Shutterstock.com

E essas pestinhas aproveitam para se alimentar e reproduzir na planta. Certifique-se de que você se livrou de todos antes de moer e usá-los na sua comida. Você não quer servir uma refeição com uma entrada de insetos, não é mesmo? Isso é, talvez se você não gostar da pessoa que você está servindo…

43. Canela

Empresa: Várias
Ingrediente: Fezes de animais

A canela é a alma das festas de São João e de Natal, mas é uma delícia para comer o ano todo. O único problema é que as agências de vigilância sanitária não se importam se um pouco de fezes animais estiver misturada na sua composição.

Então, da próxima vez que for fazer uma canjica ou arroz doce com um pouco de canela, lembre-se de que você também pode estar adicionando um ingrediente extra. E se você não gostou do seu presente de natal, pode ser que ganhe outro “presentinho” nas sobremesas com canela.

44. Manteiga de Amendoim

Empresa: Jif e outras
Ingrediente: Pelos de roedores

Manteiga de amendoim é uma das maravilhas do mundo moderno, exceto se você for um roedor. Eles certamente não comeriam o produto, já que ele pode conter pelos de roedores. A agência sanitária americana permite até um pelo de roedor a cada 100 gramas do produto.

Peanut Butter ©inewsfoto / Shutterstock.com Peanut Butter ©inewsfoto / Shutterstock.com

Muita gente diria que um único pelo de roedor já é demais, mas aparentemente, isso não é grande coisa. Em vez de eliminá-los por completo, o mundo decidiu que está tudo bem ter que lidar com um pelinho ou outro de vez em quando.

45. Abacaxi Enlatado

Empresa: Várias
Ingrediente: Mais açúcar, calorias e mofo

Abacaxi em lata é ótimo para comer quando você está sem paciência, mas se você achava que era a mesma coisa que comer a fruta fresca, vai se surpreender. Embora a fruta seja ótima, a sua versão enlatada tem mais calorias, açúcar, e não faz muito bem para a saúde.

Canned Pineapple ©calimedia / Shutterstock.com Canned Pineapple ©calimedia / Shutterstock.com

Mesmo as versões enlatadas no próprio suco de abacaxi não são tão nutritivas quanto a fruta em si. Se você não se importa tanto com as calorias e com a quantidade de açúcar, talvez não tenha se convencido. Mas isso não é tudo: a versão enlatada não é a melhor maneira de consumir abacaxi. As latas podem conter até 20% de mofo na sua composição.

46. Camarões

Empresa: Várias
Ingrediente: Baratas, pesticidas, compostos químicos, cocô

Um belo coquetel de camarão em um dia de verão é imbatível, mas você sabe de onde vem o camarão? Para o terror de muitos amantes de frutos do mar, camarões são vetores de muitas coisas ruins, descobertas com o passar dos anos.

Publicidade
Shrimps ©koss13 / Shutterstock.com Shrimps ©koss13 / Shutterstock.com

As versões importadas costumam ter pesticidas, compostos químicos proibidos, e alguns possuem até traços de baratas. Ninguém quer consumir nenhuma dessas coisas, não é mesmo? Então, quando comprar camarão, leia bem a embalagem ou compre de uma fonte confiável.

47. Tâmaras

Empresa: Várias
Ingrediente: Mosquinhas de fruta

Muitas pessoas amam tâmaras, e comem a fruta como uma sobremesa, mas será que elas comeriam com tanto gosto se soubessem que a quantidade permitida de mosquinhas de fruta é de 10 insetos e 35 ovinhos a cada 30 gramas do produto?

Dates ©Brent Hofacker / Shutterstock.com Dates ©Brent Hofacker / Shutterstock.com

Poucas pessoas sabem disso. Outros tipos de frutas passas também possuem padrões parecidos, então se você gosta desse tipo de alimento, provavelmente está comendo uma proteína extra junto com seu petisco. O Bear Grylls ficaria orgulhoso.

48. Limão

Empresa: Várias
Ingrediente: Fezes

Talvez você devesse saber algo sobre os limões de restaurante, que quase todo mundo que trabalha em cozinhas já sabe. Limões têm um alto conteúdo de fezes, supostamente o mais alto de todos os alimentos em cozinhas de restaurantes.

Lemon ©Larisa Blinova / Shutterstock.com Lemon ©Larisa Blinova / Shutterstock.com

Não sabemos dizer o porquê, mas o que podemos dizer é que a partir de agora, só tomaremos coca sem gelo e limão. Depois que você descobre essa informação, é difícil de esquecer, não importa o quanto você tente. Então não se engane pela aparência suculenta, evidentemente, tem algo mais sinistro por trás dela!

49. Brócolis Congelado

Empresa: Várias
Ingrediente: Afídios, tripterídios e ácaros

Como será que brócolis pode conter tantas coisas nojentas dentro dele? Afinal, não é só um legume inocente que foi congelado para conservar o seu frescor? Não é nutritivo e delicioso? Bom, a resposta é sim, mas com uma pequena ressalva.

Frozen Broccoli ©AB-7272 / Shutterstock.com Frozen Broccoli ©AB-7272 / Shutterstock.com

Assim como outros vegetais congelados, o brócolis possui uma quantidade permitida de insetos e ácaros proporcional ao peso. Provavelmente, não existe maneira segura de impedir que essas pragas invadam as plantações, então a Anvisa permite que você coma um insetinho ou outro de vez em quando. Só não conte isso para as crianças.

50. Barras de Chocolate

Empresa: Lacta e outras
Ingrediente: Ovos de insetos

Já pedimos desculpas com antecedência, mas nada é sagrado hoje em dia. Todo mundo adora comer chocolate até se acabar, e por isso o alimento é tão adorado. Mas até mesmo o chocolate não está livre de ser contaminado, aparentemente.

Chocolate Bars ©ivan_kislitsin / Shutterstock.com Chocolate Bars ©ivan_kislitsin / Shutterstock.com

Estudos apontam que barras de chocolate contêm, em média, até oito pernas de inseto por barra, a quantidade permitida pelas agências de vigilância sanitária. Na próxima vez que for comer um chocolate crocante, pense bem o que está dando essa crocância. Será que são nozes, caramelo, ou uma perninha de besouro que acabou indo parar na mistura por acidente?

51. Tomates em Lata

Empresa: Elefante e outras
Ingrediente: BPA

Para quem não sabe, o Bisfenol A é um composto químico industrial utilizado para produzir plásticos e epóxi. Parece apetitoso, não é mesmo? Isso pode te surpreender, mas o BPA também está presente em muitos enlatados, incluindo tomates. Inclusive, de acordo com a Cook’s Illustrated, tomates em lata são particularmente preocupantes.

Tomatoes In A Can ©BrunoRosa / Shutterstock.com Tomatoes In A Can ©BrunoRosa / Shutterstock.com

Isso porque os tomates possuem muita acidez, o que pode fazer com que o BPA das latas vaze com o tempo, especialmente se a lata estiver amassada, arranhada ou danificada. Estudos revelam que tomates enlatados contêm níveis de BPA que vão de 0.33 a 17.4 microgramas por lata. Credo!

52. Adoçante

Empresa: Zero Cal, outras
Ingrediente: Aspartame

Aspartame já foi revelado há muito tempo como um adoçante artificial que não é exatamente baixo em calorias. Ao que parece, adoçantes em geral podem causar muitos problemas de saúde. De acordo com a instituição U.S. Right to Know, existem dezenas de possíveis problemas de saúde ligados aos adoçantes encontrados em refrigerantes diet.

Artificial Sweetener ©Andrey_Popov / Shutterstock.com Artificial Sweetener ©Andrey_Popov / Shutterstock.com

De acordo com a USRTK, os riscos de saúde incluem câncer, Alzheimer, demência, derrames, doenças cardiovasculares, transtornos de humor, dores de cabeça, enxaquecas, entre outros. Embora algumas pessoas peçam bebidas diet para perder peço, as evidências também sugerem que o produto pode ter o efeito oposto. Na próxima vez, vale mais a pena beber água.

53. Batatas Fritas

Empresa: McDonald’s
Ingrediente: Aditivos e preservativos

Quando o McDonald’s revelou a lista de ingredientes das suas batatas fritas anos atrás, as pessoas ficaram surpresas. Batatas fritas supostamente só têm três ingredientes: batatas, óleo e sal. Mas a lista divulgada pela rede de fast food tinha uma bíblia de mais de vinte ingredientes, incluindo muitos preservativos.

Publicidade
French Fries ©Africa Studio / Shutterstock.com French Fries ©Africa Studio / Shutterstock.com

As batatas são fritas em vários óleos diferentes, e estão cheias de preservativos como butil hidroquinona terciária (é sempre um mau sinal quando você não consegue pronunciar algum ingrediente) e ácido cítrico, além de conterem dimetilpolisiloxano, uma substância anti-espumante que previne que o óleo espirre. Parece que aquelas fritas crocantes não são tão simples quanto pensávamos.

54. Iogurte

Empresa: Danone, Yoplait, e outras
Ingrediente: Aspartame  

Quando falamos de iogurte, estamos em uma situação perde-perde. Por um lado, iogurte sem adoçantes artificiais costumam ter alto teor de açúcar e carboidratos, que fazem mal ao corpo, especialmente se você for diabético. Por outro lado, iogurte sem açúcar possui adoçantes artificiais como o aspartame.

Yoghurt ©Madele / Shutterstock.com Yoghurt ©Madele / Shutterstock.com

Como discutimos acima, aspartame é horrível e pode causar uma série de problemas de saúde. Então, o que fazer se você é um amante de iogurte? Uma sugestão é começar a procurar por iogurte grego. Se você quiser um pouco mais de doçura, pode adicionar mel. Saudável e gostoso!

55. Torresmo

Empresa: Restaurantes
Ingrediente: Nitratos de sódio, preservativos  

Sendo justos, que torresmo faz mal não é surpresa para ninguém. O torresmo é feito de pele de porco curtida, assada ou frita em gordura. Já não parece tão saudável quanto uma salada. Mas quão ruins para a saúde alguns torresmos podem ser é pior ainda.

Pork Rinds ©thanapornnutt / Shutterstock.com Pork Rinds ©thanapornnutt / Shutterstock.com

Você deve ter adivinhado que o petisco delicioso é alto em colesterol, sódio e gordura faturada, um combo mortal que já vai aumentar o seu colesterol ruim para as alturas. Mas os torresmos “salgadinho”, que não são feitos na hora, são cheios de preservativos e flavorizantes como glutamato de sódio. E embora muita gente goste do petisco por ser alto em proteínas e baixo em carboidrato, você com certeza não deve comê-lo com frequência.

56. Pop Tarts

Empresa: Pop Tarts
Ingrediente: Gorduras trans, açúcar

A revista Healthline deu uma indireta à Pop Tarts, empresa americana, em 2017, listando-os como um dos “quinze petiscos menos saudáveis nos EUA”. Convenientes e deliciosas, as Pop Tarts são um petisco americano que você coloca na torradeira, e a torradinha com uma cobertura doce e cremosa é uma boa maneira de começar o dia

Toaster Pastries ©Brent Hofacker / Shutterstock.com Toaster Pastries ©Brent Hofacker / Shutterstock.com

Apesar de isso parecer bom, a realidade por trás de docinhos como o Pop Tarts é que ele está cheio de açúcar e carboidratos Dois Pop Tarts de Cobertura de Morango possuem setenta e seis carboidratos, e a maioria deles vem do açúcar. Se você está pensando em começar o seu dia saudável, infelizmente, esses docinhos não devem estar na sua lista.

57. Drinks de Café Adoçados

Empresa: Starbucks, Dunkin’ Donuts, etc.
Ingrediente: Açúcar, gordura de leite, flavorizantes artificiais  

Pense um pouco melhor antes de fazer aquele pedido de um mocha de chocolate com leite integral e chantilly da Starbucks. A publicação Eat This Not That descreveu este exato drink como um dos “oito piores drinks de café dos EUA”. Apesar de todos gostarmos de um drink doce de vez em quando, essas bebidas de café estão cheias de, bem, de açúcar.

Sugary Coffee Drinks ©vovidzha / Shutterstock.com Sugary Coffee Drinks ©vovidzha / Shutterstock.com

O Au Bon Pain Mocha Latte, O Mocha Iced Capp da Tim Hortons, O Butter Caramel Swirl Frozen Coffee com Leite Integral da Dunkin’ (esse até soa prejudicial à saúde), dentre outros, interferem com a glicose do sangue. De acordo com a Business Insider, um estudo científico de mais de 118.000 pessoas mostrou que quanto mais açúcar na sua bebida, mais provável que você irá desenvolver doenças cardíacas e outras.

58. Arroz Branco

Empresa: Tio João e outras
Ingrediente: Açúcar  

A Escola de Medicina de Harvard nos deu um tiro no coração quando revelaram que arroz branco faz mal. Tecnicamente, considerando a má reputação de pães brancos, não deveria ser nenhuma surpresa, mas ainda assim é uma péssima notícia.

White Rice ©Noppadon stocker / Shutterstock.com White Rice ©Noppadon stocker / Shutterstock.com

Harvard relatou que o arroz branco aumenta a glicose do sangue como se você estivesse “comendo açúcar puro”. Arroz branco possui um índice glicêmico maior que seu primo menos delicioso, o arroz integral. Se você quer uma dieta saudável, deverá se acostumar com arroz integral, que é rico em magnésio, fibras, e não vai prejudicar a sua saúde.

59. Peixe espada

Empresa: N/A
Ingrediente: Mercúrio

Essa não tem a ver com as empresas que pescam ou produzem peixe-espada, e sim com uma característica do próprio peixe. Em 2004, a agência de vigilância americana alertou que as pessoas não comessem peixe-espada (além de tubarão, peixes-azulejo, e cavalinha) por conta dos altos níveis de mercúrio. Comer mercúrio em grandes quantidades pode ser venenoso.

Swordfish ©Brent Hofacker / Shutterstock.com Swordfish ©Brent Hofacker / Shutterstock.com

O peixe-espada é rico em mercúrio porque é um peixe predador. Esses peixes de nariz pontudo podem parecer estranhos, mas são o pesadelo de peixes menores na água. Eles predam outros peixes, absorvendo seu mercúrio quando os comem. Se você está buscando uma alternativa com menos mercúrio, tente atum magro, camarão, pollocks, pescado e o favorito dos saudáveis, salmão.

60. Sopa Enlatada

Empresa: Campbell’s e outras
Ingrediente: Glutamato Monossódico, BPA

Além do perigo sempre presente nas latas do BPA, a sopa enlatada possui quantidades altas de outros ingredientes horríveis, incluindo o glutamato monossódico, também conhecido como MSG. As empresas que produzem a sopa usam o MSG para acentuar o gosto de carne da mistura.

Canned Soup ©Thinglass / Shutterstock.com Canned Soup ©Thinglass / Shutterstock.com

MSG é uma neurotoxina em sua forma mais pura, então diluir o produto em alimentos não é muito bom. E mesmo quando você elimina o preservativo e o BPA, ainda existe outro grande problema com as sopas enlatadas: o sódio. Fabricantes de sopa adicionam até 1200 miligramas por lata. Se você comer isso todos os dias, vai desenvolver problemas de peso e doenças do coração.

61. Mingau Instantâneo

Empresa: Quaker Oats e outras
Ingrediente: Açúcar, sódio

Existem alguns benefícios em comer mingau instantâneo, incluindo o fato de que ele é rico em fibras e grãos integrais. Apesar dessas coisas serem boas, também existem pontos negativos para este suposto café da manhã saudável, incluindo os níveis de sal e açúcar.

Flavored Instant Oatmeal ©melissamn / Shutterstock.com Flavored Instant Oatmeal ©melissamn / Shutterstock.com

De acordo com a American Heart Association, verifique sempre a embalagem quando estiver comprando mingau instantâneo. Tente procurar aquele que tiver menos de doze gramas de açúcar por porção e menos de 250 miligramas de sódio. Se não conseguir, compre mingau normal e prepare com um pouco de mel ou uma pequena (realmente pequena) dose de açúcar mascavo para complementar.

62. Macarrão de Legumes

Empresa: Barilla, Good & Gather, etc.
Ingrediente: Mesmas coisas ruins que macarrão normal

Se tivéssemos que chutar, diríamos que a maioria das pessoas preferiria escolher o macarrão de legumes em vez do normal, acreditando que eles são mais saudáveis. Bom, segurem-se nas suas cadeiras, porque se você checar a embalagem dos diferentes tipos de macarrão, descobrirá que os dois possuem a mesma contagem alta de carboidratos.

Boxed Vegetable Pasta @HEB / Pinterest.com Boxed Vegetable Pasta @HEB / Pinterest.com

Se você quiser um macarrão de legumes saudável, considere investir em um espiralizador. Essas máquinas custam entre R$150-R$350 em média, e vão transformar vegetais de verdade em macarrões espiralados. Você só precisa cozinhar o macarrão produzido pela máquina e adicionar seu molho preferido (que seja saudável, é claro).

63. Pretzels

Empresa: Mr. Pretzels e mais
Ingrediente: Sal 

Talvez você já tenha adivinhado que os deliciosos pretzels que você compra no shopping ou nas lojas não são exatamente saudáveis, mas talvez se surpreenda em saber que os salgadinhos de pretzel também não são. Por muito tempo, esses salgadinhos foram considerados escolhas mais “saudáveis” em relação às batatinhas normais.

Pretzel ©PosiNote / Shutterstock.com Pretzel ©PosiNote / Shutterstock.com

Apesar de terem menos calorias que as batatinhas normais, eles não são muito nutritivos. Os pretzels têm altos níveis de sal, o que pode fazer com que sua glicemia dispare. Na próxima vez que estiver comprando petiscos, busque alternativas mais saudáveis (você precisará se acostumar com o gosto menos pronunciado, infelizmente).

64. Carne Seca

Empresa: várias
Ingrediente: Sódio

Como praticamente tudo, a carne seca também faz mal se você consumir muito. Apesar de ser baixa em carboidratos, ela pode ter alto teor de sal. A Healthline admite que o petisco pode ser considerado “saudável”, mas isso não significa que ele está livre dos riscos associados à qualquer carne processada.

Beef Jerky ©Keith Homan / Shutterstock.com Beef Jerky ©Keith Homan / Shutterstock.com

Especialmente com a popularização das dietas de quetamina, a carne seca ganhou seu lugar ao sol. Ela não produz insulina, e é digerida mais lentamente que carboidratos. Ela também é alta em proteína, só tome cuidado para não comê-la em grandes quantidades, já que você não quer consumir mais que 2.300 miligramas de sal por dia (e a carne seca tem, em média, 416 miligramas por porção).

65. Molho de Salada Sem Gordura

Empresa: Várias
Ingrediente: Sem Gordura (É esse o problema)

Existem muitas razões para largar os molhos sem gordura, e não é só porque eles tem um gosto pior que suas versões engorduradas. Quando você pensa nisso, a maioria das pessoas come salada porque é baixa em calorias e os vegetais possuem muitos nutrientes. Você se sente bem depois de comer uma salada. E ela não dá aquela sensação de leseira como um Big Mac com fritas.

Fat-Free Salad Dressing @healthygrocery / Pinterest.com Fat-Free Salad Dressing @healthygrocery / Pinterest.com

Mas o molho sem gordura pode atrapalhar todo o progresso da sua dieta de salada. Uma pequena quantidade de gordura ajuda a sua corrente sanguínea a absorver os nutrientes dos vegetais. Se o seu molho é sem gordura, não vai absorver tanto os nutrientes do seu almoço ou jantar.

66. Maionese

Empresa: Hellmans, Heinz, e outras
Ingrediente: Gordura 

O Times of India colocou a maionese entre “os alimentos menos saudáveis que você pode comer”. Apesar de ser um condimento delicioso, a não ser que você faça parte da barulhenta minoria de pessoas que a odeia, ela é repleta de gordura e calorias. É verdade que é a gordura que a deixa tão deliciosa, mas uma dieta muito rica em gordura pode te trazer problemas.

Mayonnaise ©Africa Studio / Shutterstock.com Mayonnaise ©Africa Studio / Shutterstock.com

Mas o canal Food Network tem boas notícias para os amantes de maionese. Você não precisa cortá-la da sua vida, ela pode fazer parte de um estilo de vida saudável desde que “em pequenas quantidades”. Também existem versões light e com menos gordura de algumas marcas que você pode experimentar.

67. Chantilly

Empresa: Vigor e outras
Ingrediente: Óleos hidrogenados, xarope de frutose 

Chantilly é um belo docinho para acompanhar um café ou chocolate quente, mas você não deveria comê-lo todos os dias. Infelizmente, colocar uma lata inteira na sua boca também não é uma boa opção. Isso porque o produto está repleto de xarope de frutose, que todos já sabemos ser o inimigo da alimentação saudável.

Whipped Cream ©Roman Tiraspolsky / Shutterstock.com Whipped Cream ©Roman Tiraspolsky / Shutterstock.com

Os óleos hidrogenados do chantilly também são outro ponto de preocupação. De acordo com a Healthline, as gorduras trans nestes óleos causam problemas de coração, já que aumentam os níveis de colesterol ruim e diminuem o colesterol bom. A moral da história? Limite a quantidade de chantilly ao mínimo possível.

68. Kombucha

Empresa: Várias
Ingrediente: Açúcar

Dentistas têm muitas coisas negativas para dizer sobre a kombucha, a moda saudável que muitas pessoas adotaram. Kombucha é um chá doce e fermentado. É feito de açúcar, chá e fermento. Apesar da lista de ingredientes ser simples, você deve se preocupar com o açúcar.

Kombucha ©TonelsonProductions / Shutterstock.com Kombucha ©TonelsonProductions / Shutterstock.com

Além dos efeitos negativos do açúcar no seu peso e no seu corpo todo (infelizmente, o adoçante mais delicioso também é o mais mortal), a kombucha pode ser tão prejudicial aos dentes quanto refrigerante, causando doenças de gengiva, erosão dos dentes e descoloração do esmalte dentário. A CDC americana recomenda não consumir mais do que 120 ml de kombucha de uma a três vezes ao dia.

69. Bacon

Empresa: Sadia, outras
Ingrediente: Colesterol

Todo mundo sabe que bacon é delicioso, e também sabemos que estamos mentindo para nós mesmos se achamos que ele é minimamente saudável. Bacon pode ser a adição perfeita para um café da manhã ou sanduíche (ou até para comer sem acompanhamentos), mas é alto em colesterol. De acordo com o site WebMD, o bastião dos problemas de saúde é o colesterol, e cada 30g de bacon possui 30 mg de colesterol.

Bacon ©Keith Homan / Shutterstock.com Bacon ©Keith Homan / Shutterstock.com

Se estiver comendo bacon e ovos, está se prejudicando em dose dupla. Bacon é rico em gordura saturada, o que significa que você também aumenta os seus níveis de colesterol a partir daí. A porção do bacon pode ser pequena, mas não se recomenda que você coma todos os dias, infelizmente.

70. Barrinhas de Granola

Empresa: Quaker, outras
Ingrediente: Açúcar 

Uma barrinha de granola ou cereais pode parecer um petisco saudável. Afinal, não é como se você estivesse comendo um bolo, não é? Bem, talvez você se surpreenda com a quantidade de açúcar em uma dessas barrinhas – em alguns casos, vale mais a pena comer uma bomba de chocolate.

Granola Bar ©ZikG / Shutterstock.com Granola Bar ©ZikG / Shutterstock.com

Apesar de parecerem lanchinhos saudáveis, essas barrinhas de cereais possuem muito açúcar. Nutricionistas listaram as piores barras de granola para a publicação Eat This Not That. A lista das piores incluem algumas favoritas como Nutri-Grain de Morango, Cliff Bars de Brownie de Chocolate, Chewy Dips de Manteiga de Amendoim da Quaker, Almond Flax de Mel da Kashi, e a Barra Crocante de Chocolate da Atkins. Apesar da embalagem parecer boa, não compre essas barras – elas não estão te ajudando. E, como sempre, veja sempre a embalagem antes de comprar.

71. Macarrão Instantâneo

Empresa: Nissin, outras
Ingrediente: MSG, TBHQ, sódio

Gostaríamos de estar mentindo. Todo universitário miserável já teve que se alimentar do famoso miojo. Sendo justos, pelo preço de cerca de R$1, não é como se esperássemos muito mais do que isso. Além disso, o fato do macarrão vir no formato de um tijolo duro já deveria ter sido um sinal de alerta para nós.

Instant Ramen ©oasisamuel / Shutterstock.com Instant Ramen ©oasisamuel / Shutterstock.com

O miojo tem suas qualidades, além de ser barato e fácil de preparar. Eles possuem ferro, manganês e vitamina B. Infelizmente, também possuem MSG, alto teor de sódio, e TBHQ, três ingredientes e preservativos que prejudicam a saúde, e possivelmente causam câncer de estômago, síndrome metabólica, e aumentam o risco de problemas de coração.

72. Ketchup

Empresa: Heinz e outras
Ingrediente: Xarope de frutose

Infelizmente, também temos que estragar o ketchup para você. Amantes de ketchup não vão gostar dessa notícia, já que provavelmente vai mudar a maneira como vêem seu condimento preferido. Apesar de um pouco de ketchup ser uma bela adição a um cachorro quente ou cheeseburger, tente não comer muito.

 
Ketchup ©DenisMArt / Shutterstock.com Ketchup ©DenisMArt / Shutterstock.com

Mergulhar fritas em ketchup significa mergulhar elas em xarope de frutose. O principal ingrediente do ketchup é esta mistura tóxica e que prejudica a saúde. Xarope de frutose está ligado a doenças do coração, obesidade, problemas imunológicos e aumento nos níveis de açúcar no sangue, dentre outras coisas. Ou seja: mantenha o condimento a níveis mínimos.

73. Castanhas Flavorizadas

Empresa: Várias
Ingrediente: Acrilamida

Castanhas cruas possuem vários benefícios à saúde. Petiscos de castanha como amêndoas ou amendoins são ótimas maneiras de manter níveis saudáveis de açúcar no sangue, e muito mais saudáveis que uma barrinha de granola ou salgadinhos. Mas castanhas flavorizadas, como as fritas, caramelizadas, dentre outras, são outra história. Apesar de serem mais saborosas, elas também adicionam sal e açúcar ao petisco.

Flavored Nuts ©Edgar Lee Espe / Shutterstock.com Flavored Nuts ©Edgar Lee Espe / Shutterstock.com

Verifique a embalagem para saber os ingredientes adicionados. Se você quer cortar o açúcar e o sódio, compre castanhas sem sal ou amêndoas cruas. Apesar de castanhas torradas terem seus benefícios, até a torra pode gerar alguns problemas, já que a torra diminui as gorduras saudáveis da fruta e levam à formação de acrilamida, um ingrediente prejudicial classificado como “potencialmente carcinogênico”.

74. Frutas Secas

Empresa: Várias
Ingrediente: Açúcar

Frutas secas são caríssimas, então a sua carteira provavelmente vai te agradecer por cortá-las da sua lista de petiscos. Elas são mais caras que frutas normais pelo trabalho envolvido na extração dos líquidos e na secagem das frutas.

Dried Fruit @meganm71603 / Pinterest.com Dried Fruit @meganm71603 / Pinterest.com

O problema com frutas secas é que elas são repletas de açúcar e calorias. Como a fruta diminui no processo de secagem, você come mais sem perceber. Apesar de as frutas secas serem ricas em fibras e antioxidantes, elas também estão cheias de açúcar. Por exemplo, uma embalagem de Manga Seca não-adoçada possui um total de 67 gramas de açúcar. E esta é a versão não-adoçada!

75. Comida Congelada

Empresa: Sadia e outras
Ingrediente: Sódio, gordura e calorias

Pratos congelados são muito convenientes, e faz sentido serem os favoritos de muita gente. Depois de um longo dia de trabalho, você só precisa colocar sua refeição no microondas, esperar um pouco, e pode comer alguma coisa que levaria um tempão para cozinhar se você fosse fazer você mesmo.Mas pratos congelados possuem seus problemas. Eles são repletos de gordura, calorias e sal – três coisas que você quer comer com moderação. Se ainda quiser comer pratos congelados, o site WebMD recomenda escolher pratos mais leves e saudáveis, especialmente de marcas voltadas a isso.

Frozen Meals ©shutterupeire / Shutterstock.com Frozen Meals ©shutterupeire / Shutterstock.com

 

Assine para receber mais Posts

%d blogueiros gostam disto: